Header AD

Justiça bloqueia bens do prefeito de Santana Robson Rocha.

O Ministério Público do Amapá pediu o bloqueio de bens até o valor de R$ 105.600 mil do atual prefeito de Santana Robson Rocha e do vereador Roger Cezar. Ambos são acusados de improbidade administrativa e enriquecimento ilícito. O pedido foi acatado pela juíza Eliane Nunes de Nascimento, da 2ª Vara Civil da Comarca de Santana, na quinta-feira, 16. As informações são do jornalista André Silva, do site do Seles Nafes.




A juíza de Direito da 2ª Vara Cível de Santana, Eliana Nunes do Nascimento Pingarilho, acolheu pedido de liminar do Ministério Público do Amapá (MP-AP) e decretou a indisponibilidade dos bens do ex-vereador e atual prefeito municipal de Santana, Robson Santana Rocha Freires, e do ex-secretário de finanças do município.

Segundo o MP, o crime teria ocorrido na época em que Robson era vereador do município. Ele teria forjado assinaturas em recibos para receber valores referentes à verba indenizatória.

O MP cita em sua decisão que o homem que aparece como sendo o dono da empresa de aluguel de veículos seria sogro de Roger Cezar, que na época exercia a função de secretário de Finanças da Câmara de Vereadores de Santana. Durante testemunho, o sogro de Roger, Jovani dos Santos, negou ter assinado os documentos.

De acordo com as investigações conduzidas pelo promotor de Justiça Horácio Coutinho, os requeridos praticaram uma série de irregularidades na utilização da chamada verba indenizatória para parlamentares.

No processo consta em desfavor dos réus a declaração do Sr. Jovani dos Santos, suposto contratado, de que as assinaturas constantes nos recibos não são de sua autoria. O prefeito Robson Rocha comentou sobre o bloqueio sem dar muitos detalhes. Ele diz aguardar a decisão final do processo.

Para o prefeito o bloqueio de bens é de praxe na ação de improbidade. Ele vai aguardar o final do mérito da questão, se houver condenação o bem público será ressarcido.

Segundo o Ministério Público do Amapá (MP-AP), Robson Rocha requereu à Secretaria de Finanças da Câmara de Vereadores de Santana, que na época era conduzida pelo então também vereador Roger Cézar, a restituição dos valores supostamente utilizados com a locação de um veículo, no período de janeiro de 2009 a dezembro de 2009, no qual tem como contratado o senhor Jovani dos Santos, com aluguel pactuado em R$ 57.600 mil, divididos em 12 parcelas mensais de R$ 4.8 mil.

O MP sustenta que o mesmo procedimento voltou a ser realizado no ano seguinte, quando o ex-vereador requereu, novamente à Secretaria, a restituição de R$ 48 mil supostamente gastos com aluguel do mesmo carro e proprietário.

Atualizado em 20-6-2016, às 17:02.
__
Justiça bloqueia bens do prefeito de Santana Robson Rocha. Justiça bloqueia bens do prefeito de Santana Robson Rocha. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, junho 18, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD