Header AD

Chuva de "dólares": o protesto (impagável) contra Cunha.

Manifestantes dão "banho" de dólares fictícios no presidente da Câmara, Eduardo Cunha.



Do Levante da Juventude Popular.

Do Levante da Juventude Popular
Na tarde desta quarta-feira (04), cinco jovens do Levante Popular da Juventude que acompanhavam a sessão diária no Plenário da Câmara dos Deputados em Brasília, fizeram uma intervenção e jogaram em Eduardo Cunha milhares de “dólares” fictícios estampados com o rosto do deputado. A ação objetivou escancarar as acusações de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Dois jovens que fizeram a ação estão detidos.

Cunha é acusado de receber US$ 5 milhões, segundo o Ministério Público Federal para facilitar o contrato de aluguel de navios-sonda entre a Petrobrás a empresa Sansung Heavy Industries. As denúncias fazem parte da operação Lava Jato e tiveram novas provas para endossar as acusações com o envio de documentos dos Bancos da Suíça nos quais Cunha supostamente escondia o dinheiro.

Jovens de vários estados brasileiro tem impulsionado uma série de ações nos últimos dias pedindo a saída de Eduardo Cunha do cargo que ocupa. Nesta manhã, 12 capitais brasileiras amanheceram com faixas penduradas em pontes, viadutos, universidades e avenidas com o dizer “Fora Cunha”. Na segunda-feira, dia 2, aproximadamente 400 jovens fizeram um escracho na frente da residência. 

Eduardo Cunha dá entrevista e leva chuva de dólares - http://bit.ly/1ktGOJj

Posted by UOL Notícias on Quarta, 4 de novembro de 2015
__
Chuva de "dólares": o protesto (impagável) contra Cunha. Chuva de "dólares": o protesto (impagável) contra Cunha. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, novembro 04, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD