Header AD

Alcinéa: 'Bandidagem toma conta de Macapá'.

A jornalista Alcinéa Cavalcante publica matéria em seu blog em que afirma que "ninguém aguenta mais tanta violência" no Estado. Segundo ela, "todo dia, toda hora, em qualquer lugar a bandidagem está agindo". E ressalta a onda generalizada de assaltos em Macapá. "É assalto em clínicas médicas, salões de beleza, escolas, academias, lojas grandes e pequenas, mercearias, armazéns, mini boxes, pontos de ônibus, praças, dentro de ônibus e até na frente de igrejas". Para Alcinea, a bandidagem está solta e o povo morrendo de medo. Ela aponta que a polícia, com número reduzido de pessoal e viaturas e praticamente sem combustível, armas e munições, pouco pode fazer para combater o crime. "E o governo que prometeu cuidar das pessoas faz cara de paisagem", conclui.



Do blog da Alcinéa Cavalcante.

Ninguém aguenta mais tanta violência. Todo dia, toda hora, em qualquer lugar a bandidagem está agindo. É assalto em clínicas médicas, salões de beleza, escolas, academias, lojas grandes e pequenas, mercearias, armazéns, mini boxes, pontos de ônibus, praças, dentro de ônibus e até na frente de igrejas.

Uma amiga que tem uma loja no Buritizal  conta que naquele bairro todos os dias acontecem vários assaltos, inclusive com reféns. A coisa tá tão feia que os próprios policiais orientam os moradores do bairro a ficar de olho em tudo porque “o estado está nas mãos dos bandidos”.
Do outro lado da cidade, na zona norte, não é diferente. “Não temos mais paz, dormimos e acordamos sobressaltados. Vivemos morrendo de medo”, diz uma diarista.

A escola, que antes era considerada pelos pais um dos lugares mais seguros para suas crianças, hoje também é alvo dos bandidos. Constantemente se tem notícia de bandidos pulando os muros das escolas e invadindo as salas de aula para assaltar estudantes e professores. “Antes eu ficava despreocupada na hora que meus filhos estavam na escola. Hoje eu fico aflita e rezando para que nenhum mal aconteça a eles no horário de aula”, conta Maria de Lourdes Santos, mãe de dois adolescentes que estudam numa escola que já foi assaltada.

A bandidagem está solta. O povo morrendo de medo. A polícia, com número reduzido de pessoal e viaturas e praticamente sem combustível, armas e munições, pouco pode fazer para combater o crime.

E o governo que prometeu cuidar das pessoas faz cara de paisagem.
__

Alcinéa: 'Bandidagem toma conta de Macapá'. Alcinéa: 'Bandidagem toma conta de Macapá'. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, novembro 03, 2015 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD