Header AD

Paulo Lemos: 'Eu não sou Ladrão e jamais me calarei'.

Paulo Lemos (PSOL) usou a tribuna da Assembleia Legislativa (Alap), na sessão desta terça-feira (13), para cobrar dos deputados empenho nas investigações da operação Créditos podres II, deflagrada pela Polícia Federal, há sete dias. A operação apura envolvimento de servidores da Alap em suposta fraude de compensação de créditos previdenciários inexistentes.  "'Eu não sou Ladrão e jamais me calarei", disse em relação ao não comparecimento dos deputados ao prédio da Alap na manhã do dia da operação da PF. As informações são da assessoria do parlamentar.

Foto: Asscom/Gab.
Lemos propôs aos deputados criação de uma comissão especial para investigar a participação dos acusados de envolvimento no esquema e que os servidores citados na operação fiquem afastados de suas atividades até que os fatos sejam apurados por completo. “Precisamos mostrar que essa legislatura é diferente. Respeitar a decisão do povo, que renovou esta Casa em mais de quarenta por cento”, disse o deputado.

Segundo Lemos, este pronunciamento deveria ter sido feito na última quarta-feira, 7, dia em que foi deflagrada a operação. “Mas, como era esperado por todos e pela imprensa que cobre as sessões, o plenário foi esvaziado por conta da ação da PF no prédio da Alap”, alegou o deputado. “Sou contra esse tipo de atitude, que se exime da responsabilidade em dar resposta imediata à sociedade. Eu não sou Ladrão e jamais me calarei sobre o que acontece de errado nesta legislatura. Temos de investigar”, insistiu.

O presidente da Alap, Moisés Souza (PSC), retrucou a fala de Lemos, dizendo que a Corregedoria da Alap já acompanha o desenrolar da operação Créditos Podres. “Sua proposta pode querer antecipar aos trabalhos do corregedor”, disse Moisés. Ele assegurou que a Alap está em dia com a Receita Federal e que nada pesa contra a Assembleia Legislativa.

__
Paulo Lemos: 'Eu não sou Ladrão e jamais me calarei'. Paulo Lemos: 'Eu não sou Ladrão e jamais me calarei'. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, outubro 14, 2015 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD