Header AD

Senador diz que inquérito contra deputada pessebista por compra de votos é "fruto de extorsão".

Senador João Capiberibe afirmou em um programa de rádio que deputada Janete é inocente e acusação, embora absurda, faz parte do jogo político; a decisão para a abertura do inquérito foi do ministro Luiz Edson Fachin.

Plenário do Senado Federal.(arquivo).

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou na última quarta-feira (9) a abertura de uma investigação contra a deputada federal Janete Capiberibe (PSB-AP). Segundo a acusação, a parlamentar teria pago o valor de R$ 4 mil para "boca de urna" na campanha eleitoral de 2014. O senador socialista saiu em defesa da deputada no programa do jornalista Luiz Melo da Diário FM 90.9, na manhã desta sexta-feira, 11.

Ele afirmou que a abertura de inquérito contra a esposa dele, deputada federal Janete Capiberibe (PSB) pelo Supremo Tribunal Federal (STF), tem como origem uma tentativa de extorsão praticada contra ela por uma pessoa contratada por ele próprio para trabalhar durante a campanha de reeleição, no ano passado.

“A acusação é totalmente improcedente, fruto de uma pessoa inescrupulosa, que trabalhou durante a campanha de reeleição da deputada Janete e foi contratada e paga por mim, na quantia de R$ 4 mil. Ocorre, porém, que, após isso, ele queria mais dinheiro, inclusive passou a fazer ameaças, em clara e condenável extorsão, que, obviamente, não aceitamos. Aí, ele cumpriu as ameaças e formalizou a denúncia. Entretanto, nós estamos tranquilos, e vamos provar a inocência dela no processo”, asseverou.

Para Capiberibe, por trás dessa acusação há interesses políticos escusos: “Não resta a menor dúvida que tem alguém por trás disso com claros interesses de prejudicar a deputada Janete e atingir a mim próprio, mas essa pretensão não vai se sustentar. O problema maior são as seqüelas resultantes de um processo que pode ser longo, como aconteceu comigo, com um processo semelhante que se arrastou por quatro anos e acabou arquivo exatamente porque a acusação não se sustentava”.(Com informações do Diário do Amapá).

__
Senador diz que inquérito contra deputada pessebista por compra de votos é "fruto de extorsão". Senador diz que inquérito contra deputada pessebista por compra de votos é "fruto de extorsão". Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, setembro 12, 2015 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD