Header AD

Sindicato diz que seis(6) crianças morreram em menos de uma semana no PAI.

Saúde Pública: Sindicato dos Médicos denuncia que em menos de uma semana seis crianças morreram no Pronto Atendimento Infantil.


De acordo com informações do ofício nº 046 encaminhado pelo Sindicato dos Médicos do Amapá (Sindmed) ao secretário de Estado da Saúde, Pedro Leite, e ao Conselho Regional de Medicina, seis (6) crianças morreram no Pronto Atendimento Infantil (PAI), num período inferior a uma semana.

"Faz prova de todo o exposto, o ocorrido no único Pronto Atendimento Infntil (PAI) de Macapá que registrou o óbito de 06 (seis) crianças num período inferior a uma semana", revela o Sindmed, através do ofício.

O documento também endereçado ao governador Waldez Góes (PDT) ressalta que, se ele não tomar nenhuma providência em relação às reivindicações básicas do Sindicato dos Médicos do Amapá, a categoria não vai mais dar plantões a partir de setembro.

O sindicato confirma uma série de irregularidades já detectadas por técnicos do Ministério da Saúde e pelo Ministério Público do Estado e cobra ações imediatas para poder prestar “o mínimo de atendimento à população”.

Críticos do governo, embasados pelo teor do ofício, asseguram que mesmo Waldez Góes tendo mantido o decreto de Emergência na Saúde, faltam medicamentos básicos como antibióticos em geral, além de luvas, máscaras, ataduras de gaze, antissépticos, equipamentos para procedimentos cirúrgicos, leitos em UTIs e enfermarias.


Falta de água

O Sindicato dos Médicos relata que o Hospital de Emergências de Macapá passou 15 dias sem água, na última quinzena de julho. O Sindmed informa, ainda, que o problema forçou médicos a usarem soro fisiológico para fazer a higienização das mãos antes e depois dos atendimentos. 

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) contesta as informações do Sindicato e informou que a falta de água no hospital não durou 15 dias. A Sesa diz que o problema ocorreu em duas ocasiões diferentes que foi uma pane na bomba de captação de água que abastece a unidade hospitalar. A primeira falha teria acontecido no fim de julho e a segunda no último fim de semana.

Última atualização 06/08/2015 às 20:55
__
Sindicato diz que seis(6) crianças morreram em menos de uma semana no PAI. Sindicato diz que seis(6) crianças morreram em menos de uma semana no PAI. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, agosto 06, 2015 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD