Header AD

Governo elogia a gestão do ex-secretário quando esteve à frente da Secretaria da Saúde (Sesa).

GEA: Pedro Leite deixa a Sesa após gerir por sete meses rombo de R$ 333 milhões deixado na Saúde.

Foto - reprodução Agência Amapá.


Foto - reprodução Agência Amapá.

O promotor de Justiça Pedro Leite esteve à frente da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) até esta terça-feira, 11, totalizando sete meses e dez dias de trabalho dedicados a pasta.

Ele deverá assumir nova função, desta vez na área de articulação institucional do Governo do Estado do Amapá (GEA), secretaria comandada pelo ex-deputado, Jorge Amanjás.

O Governo ressalta que desde o início deste ano, Pedro Leite teve a missão de reconstruir a saúde pública do Amapá, além da incumbência de gerir a situação financeira e orçamentária encontrada em janeiro deste ano.

Segundo o governo, no início da sua gestão, a secretaria acumulava uma dívida de mais de R$ 333 milhões, consolidados nos últimos quatro anos, dos quais 180 milhões somente no ano de 2014.

De acordo com o governo pedetista, o Hospital de Emergência (HE) passou por mutirões e intensos plantões para dar dignidade aos usuários, e diz também que antes – no governo anterior – os pacientes se abarrotavam nos corredores do HE.

Para o GEA, Pedro Leite comandou importantes avanços da gestão da Saúde em 2015, como a reativação de serviços como Programa de Tratamento Fora Domicilio (PTFD), setor de Marcação de Consultas do Hospital de Clínicas Alberto Lima, retomada de exames essenciais como ultrassonografia, colonoscopia e endoscopia, biopsia, mamografia, Raio-X e PCCU.

O governo informa também que as obras paralisadas na gestão anterior, de Camilo Capiberibe, foram retomadas ainda no primeiro semestre deste ano, como a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Sul, reforma e ampliação dos Hospitais da Mulher Mãe Luzia (HMML) e de Clínicas Alberto Lima (HCAL), Hospital da Criança e Adolescente e Pronto Atendimento Infantil (HCA/PAI) e Hospital de Santana.

A gestão do governador Waldez Góes (PDT) agradece o desempenho do ex-secretário à frente da Sesa e aponta que Pedro Leite foi um dos responsáveis pela empreitada que resgatou recursos federais para a ampliação e reforma de onze unidades mistas de saúde e hospitalares da capital e do interior, proveniente do Ministério da Saúde através da Caixa Econômica Federal (CEF).
__
Governo elogia a gestão do ex-secretário quando esteve à frente da Secretaria da Saúde (Sesa). Governo elogia a gestão do ex-secretário quando esteve à frente da Secretaria da Saúde (Sesa). Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, agosto 11, 2015 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD