Header AD

Governo elogia a gestão do ex-secretário quando esteve à frente da Secretaria da Saúde (Sesa).

GEA: Pedro Leite deixa a Sesa após gerir por sete meses rombo de R$ 333 milhões deixado na Saúde.

Foto - reprodução Agência Amapá.


Foto - reprodução Agência Amapá.

O promotor de Justiça Pedro Leite esteve à frente da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) até esta terça-feira, 11, totalizando sete meses e dez dias de trabalho dedicados a pasta.

Ele deverá assumir nova função, desta vez na área de articulação institucional do Governo do Estado do Amapá (GEA), secretaria comandada pelo ex-deputado, Jorge Amanjás.

O Governo ressalta que desde o início deste ano, Pedro Leite teve a missão de reconstruir a saúde pública do Amapá, além da incumbência de gerir a situação financeira e orçamentária encontrada em janeiro deste ano.

Segundo o governo, no início da sua gestão, a secretaria acumulava uma dívida de mais de R$ 333 milhões, consolidados nos últimos quatro anos, dos quais 180 milhões somente no ano de 2014.

De acordo com o governo pedetista, o Hospital de Emergência (HE) passou por mutirões e intensos plantões para dar dignidade aos usuários, e diz também que antes – no governo anterior – os pacientes se abarrotavam nos corredores do HE.

Para o GEA, Pedro Leite comandou importantes avanços da gestão da Saúde em 2015, como a reativação de serviços como Programa de Tratamento Fora Domicilio (PTFD), setor de Marcação de Consultas do Hospital de Clínicas Alberto Lima, retomada de exames essenciais como ultrassonografia, colonoscopia e endoscopia, biopsia, mamografia, Raio-X e PCCU.

O governo informa também que as obras paralisadas na gestão anterior, de Camilo Capiberibe, foram retomadas ainda no primeiro semestre deste ano, como a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Sul, reforma e ampliação dos Hospitais da Mulher Mãe Luzia (HMML) e de Clínicas Alberto Lima (HCAL), Hospital da Criança e Adolescente e Pronto Atendimento Infantil (HCA/PAI) e Hospital de Santana.

A gestão do governador Waldez Góes (PDT) agradece o desempenho do ex-secretário à frente da Sesa e aponta que Pedro Leite foi um dos responsáveis pela empreitada que resgatou recursos federais para a ampliação e reforma de onze unidades mistas de saúde e hospitalares da capital e do interior, proveniente do Ministério da Saúde através da Caixa Econômica Federal (CEF).
__
Governo elogia a gestão do ex-secretário quando esteve à frente da Secretaria da Saúde (Sesa). Governo elogia a gestão do ex-secretário quando esteve à frente da Secretaria da Saúde (Sesa). Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, agosto 11, 2015 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD