Header AD

Governabilidade: Dilma reúne governadores dos 27 Estados.

Waldez Góes vai ao encontro dos governadores em que Dilma Rousseff propõe parceria para enfrentar problemas e superar crise.

 Foto: Ag.Br.

O governador do Amapá, Waldez Góes (PDT-AP), esteve no encontro dos governadores com a presidenta Dilma Rousseff (PT) no Palácio do Planalto, na tarde desta quinta-feira, 30. O Planalto discutiu, com os 27 líderes estaduais, temas como a governabilidade, responsabilidade fiscal e colaboração federativa, além do ajuste nas contas públicas diante das perdas de arrecadação e a reforma do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) também devem fazer parte do debate. As informações são do portal Brasil247.

A presidenta enumerou durante reunião as causas que levaram à queda da arrecadação e à redução das receitas nos estados e na União. Ela citou fatos recentes, como a queda no preço das commodities e o aumento do dólar, que tiveram impacto sobre os "preços e a inflação". Dilma ressaltou que ela e os governadores foram eleitos e fizeram campanha em uma conjuntura "bem mais favorável" do que a atual.

"Tudo isso não é desculpa para ninguém: é o fato de nós, como governantes, não podemos nos dar o luxo de não ver a realidade com olhos muito claros. Não podemos nos dar o luxo de ignorar a realidade", disse a presidenta. "Fomos obrigados, diante dos fatos, a promover o reequilíbrio no Orçamento. Estamos fazendo esforço grande", afirmou Dilma, citando os contingenciamentos feitos pelo governo neste ano. Segundo ela, o objetivo é colocar o Brasil na rota do crescimento e da geração de emprego.

"Não nego as dificuldades, mas afirmo que o governo federal tem todas as condições de enfrentar as dificuldades, os desafios e, em um prazo bem mais curto que alguns pensam, assistir à retomada da economia brasileira", afirmou Dilma.

Após enumerar as causas da atual crise e as medidas que tem adotado, Dilma complementou que é importante sempre estabelecer parcerias, cooperações e enfrentar problemas juntos. "Queremos construir parcerias em novo ciclo desenvolvimento", acrescentou a presidenta. Segundo ela, uma das parcerias será no âmbito da segurança pública, para reduzir a criminalidade.

A presidenta ressaltou também que ela e os governadores foram eleitos em um processo democrático em 2014, para mandatos de quatro anos, até 2018. Ela defendeu as medidas que vem adotando para combater a crise econômica, que ocorre em um período de transição para um "novo ciclo de expansão" e crescimento.

No início da reunião com os 26 governadores e uma vice-governadora dos estados de todas as regiões do país, a presidenta destacou o importante papel do encontro no destino e na condução do país. Dilma disse que ela e os governadores têm um "grande patrimônio em comum": o fato de terem sido eleitos em processo democrático bastante amplo no país.

Segundo ela, o plano de governo de cada um dos mandatários tem um prazo de execução. "Todos nós temos deveres em relação à democracia, ao voto democrático popular. Fomos eleitos na última e maior mobilização democrática e, nessas eleições, assumimos compromissos perante o país e nossos eleitores. Esses compromissos expressos no plano de governo dão um quadro que temos de desenvolver com todas as ações, iniciativas e projetos, realizando esses compromissos no horizonte, no marco e ao longo do nosso período de governo de quatro anos – portanto até 2018."

"Estamos fazendo uma travessia para levar o Brasil a um lugar melhor, estamos atualizando as bases da economia e vamos voltar a crescer com todo nosso potencial", prometeu Dilma aos governadores, ao final de sua fala.
__
Governabilidade: Dilma reúne governadores dos 27 Estados. Governabilidade: Dilma reúne governadores dos 27 Estados. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, julho 30, 2015 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD