Header AD

GEA inicia debate sobre desenvolvimento econômico

O debate aconteceu das 7h às 9h, e contou com participação da sociedade, jornalistas, especialistas e ouvintes.

O Desenvolvimento Econômico foi o tema do 1º dia do PPA Interativo, realizado nesta quarta-feira, 3, com transmissão ao vivo, pelas rádios do Estado. O debate, que teve duração de duas horas (7h às 9h) contou com participação da sociedade, jornalistas, especialistas e líderes de eixos, através da iniciativa do Governo do Amapá na construção do Plano Plurianual 2016/2019.

Neste primeiro dia, o debate foi transmitido pelas rádios Difusora (AM 630) e Antena 1 (FM 102,9). A partir de quinta-feira, 4, a transmissão será estendida à Rádio Diário (FM 90,9) e Rádio Cidade (FM 101,9). Os ouvintes participaram através de ligações telefônicas, além de mensagens enviadas via WhatsApp e redes sociais.

O programa foi apresentado e mediado por Calos Lobato, com a presença do jornalista convidado Sílvio Sousa e secretários de Estado de Planejamento (Seplan), Antônio Teles Júnior, e de Indústria, Comércio e Mineração, Eliezer Viterbino. Além disso, houve a participação especial do diretor-superintendente do Sebrae Amapá, João Carlos Alvarenga.


Durante o encontro, os especialistas apresentaram à população o desafio no equilíbrio da economia, aumentando a produção do setor privado do Amapá, estimulando a demanda interna na compra e venda de bens e serviços, oriundos dos setores agrícola e industrial do Estado.

Além disso, falaram sobre as políticas voltadas para a pesca, agronegócio, mineração, extrativismo, pecuária, comércio e indústria. Secretários e convidados responderam às perguntas, apresentando pontos que possibilitam equacionar os princípios ambientais com o desenvolvimento do Estado, para tornar o Amapá mais competitivo.

Em resposta aos ouvintes, o secretário de Planejamento destacou a importância de transformar o Amapá em um corredor de alimentos. "O produtor da agricultura quer se consolidar no Estado. Precisamos criar condições para eles se estabelecerem".

Conforme Teles, há dois aspectos fundamentais no que diz respeito à agricultura. "O modelo adotado no Amapá já fracassou, porque não houve foco na produtividade. Agora, o Estado precisa trabalhar os mecanismos de regularização fundiária e licenciamento ambiental. Precisamos de novas técnicas, expertise empresarial e trazer investidores para o Amapá".

O secretário destacou que o custo de produção no Amapá é elevado, o que não estimula os empresários locais a implantar sua base produtiva. Por isso, também se faz necessário criar incentivos e desburocratizar a abertura e manutenção de empresas.

Viterbino aponta que o Estado precisa de medidas compensatórias. Para ele, se não fosse o comércio, o Estado estaria em situação ainda pior. Viterbino afirmou que a Área de Livre Comércio (ALC) que mais arrecadou nos últimos anos foi a de Macapá e Santana. Em contrapartida, as cidades sedes foram as que menos receberam investimentos. "Precisamos de medidas compensatórias no Amapá. Temos que levantar essa bandeira, além de verticalizarmos a economia, deixando de sermos somente exportadores de matéria prima".

 
O PPA interativo prossegue nesta quinta-feira, 4, ao vivo, das 7h às 9h. O tema do segundo dia será infraestrutura. O mediador do programa será Eraldo Trindade e o jornalista convidado Reginaldo Borges. O líder do eixo que responderá as dúvidas da população é o presidente da Agência de Desenvolvimento do Amapá (Adap), Alcir Matos.

Além dos telefones da Rádio Difusora 3131-2717 e 3131-2722 o ouvinte também poderá participar via WhatsApp pelo número 99106-3552 ou através do site www.ppa.ap.gov.br, por meio de um cadastro. Também estará disponível o aplicativo Rádio Difusora 630AP.

Com informações da Agência Amapá
__
GEA inicia debate sobre desenvolvimento econômico GEA inicia debate sobre desenvolvimento econômico Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, junho 03, 2015 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD