Header AD

Em meio a crise financeira, governo promete investir em Macapá.

Waldez recebe Clécio e inicia rodada de reuniões individuais com prefeituras.

Foto: GEA.

O governador Waldez Góes e o prefeito de Macapá, Clécio Luís, reuniram-se nesta segunda-feira, 29, no gabinete do Palácio do Setentrião. O encontro é uma deliberação anunciada no Fórum das Cidades e marca a retomada do diálogo e a valorização do planejamento conjunto do Poder Executivo estadual com os gestores municipais.

Durante os próximos dias, ocorrerão reuniões individuais com os 16 prefeitos do Estado. No primeiro encontro, o chefe do Executivo municipal trouxe 15 tópicos para debates e parcerias com o Governo do Amapá, dentre eles atualizações de repasses financeiros e convênios de pavimentação das vias de Macapá, parceria para recuperação da Orla Municipal, repasse para contrapartida de convênios, regularização e recuperação de prédios das escolas municipais, cessão de servidores entre PMM e GEA.

Todas as pautas terão desdobramentos em reuniões internas, entre as equipes dos governos estadual e municipal. Um novo encontro entre Waldez Góes e Clécio Luís já está agendado para a próxima quinta-feira, 9 de julho.

De acordo com o governador, o Estado investirá 100% dos recursos nos municípios e, por isso, será respeitada a proporcionalidade, conforme o número de habitantes por cidade. "Considerando esse fator, Macapá receberá a maior concentração de investimento, tanto no social, como na infraestrutura", garantiu.

O prefeito Clécio destacou o convênio de pavimentação das vias da cidade, como uma das principais demandas de Macapá. Em relação a essa necessidade, o governador reiterou seu compromisso de investimento na mobilidade urbana, em Macapá, que prevê aproximadamente 58 quilômetros de pavimentação, nos próximos dois anos, executada pelo GEA.

Segundo o governador, a orientação acordada, nesta segunda-feira, é de que as equipes dos governos estadual e municipal dialoguem. Dentre as reuniões internas previstas para ocorrer até o próximo encontro, entre os chefes do Executivo estadual e municipal, ficaram agendadas reuniões entre a Procuradoria Geral do Estado (PGE) e secretarias de Educação, quando serão tratados temas como documentação das escolas, em processo de municipalização, além de disponibilidade de servidores, como, por exemplo, de professores.

As demandas da mobilidade urbana serão debatidas em encontro que deverá ocorrer ainda esta semana, entre a Secretaria de Estado de Transporte (Setrap), Secretaria Municipal de Obras (Semob) e Companhia de Água e Esgotos do Amapá (Caesa).

Também ficou marcada uma reunião com os representantes municipais e a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) para discutirem problemas em relação à iluminação pública, não apenas de Macapá, mas de todos os municípios.

Para o governador, a partir desse primeiro encontro, ocorrerão muitos desdobramentos, que permitirão reuniões mais frequentes, sobretudo, com mais sintonia. "Se pudermos, por exemplo, já prevermos no PPA e futuramente nos orçamentos do governo, os recursos e rubricas, destinadas à contrapartida, será um ganho institucional. Afinal, essa é uma política de Estado e não de governo. Quem ganhará com isso, certamente, é a população amapaense".

O prefeito Clécio Luís, que participou da reunião acompanhado de gestores municipais e equipe de governo, agradeceu a oportunidade do diálogo e afirmou a expectativa da reunião, pela necessidade de união e parcerias, principalmente, pelo agravamento da crise no cenário nacional. "Se nos isolarmos, ninguém ganha. Algumas coisas podemos projetar a médio e longo prazos, outras demandam medidas urgentes. Louvo a iniciativa da reunião com todos os prefeitos, mas Macapá precisa ter esse olhar diferenciado", pontuou.

Da Agência Amapá de Notícias
__
Em meio a crise financeira, governo promete investir em Macapá. Em meio a crise financeira, governo promete investir em Macapá. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, junho 30, 2015 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD