Header AD

Jornalista desmente ex-prefeito de Santana.

Rádio vinculada ao ex-prefeito Antônio Nogueira impede senador João Capiberibe de participar de programa matinal da Onda Livre 105,9 FM, de Santana.

A assessoria do senador manteve contato com o jornalista Cunha Lopes da rádio Onda Livre FM, na terça - feira, 26, com objetivo de viabilizar entrevista em que Capiberibe iria falar  nesta quarta - feira, 27, sobre os 6 anos da promulgação da Lei Transparência. Estava tudo acertado, no entanto, horas depois, o jornalista âncora Cunha Lopes envia mensagem para a assessoria do senador, através da rede social WhatsApp, abortando a participação do senador.

"Nogueira me informou que a diretoria não me autorizou a participação do senador [João Capiberibe] amanhã. Aborte o combinado.", revelou o jornalista Cunha Lopes.

A negativa que teria vindo do ex-prefeito Antônio Nogueira fez com que o senador emitisse nota no Facebook sobre a censura. 

Censura na radio do Nogueira.

Amanhã, sexto aniversário da Lei da Transparência, eu daria uma entrevista na "rádio comunitária" Onda Jovem de propriedade do ex prefeito Nogueira, no município de Santana.

Advinhem o que aconteceu! Pois é, as vezes a gente não quer acreditar na estreiteza política a que chegamos! Mas infelizmente aconteceu, fui vetado por Nogueira, não vou poder falar de transparência do dinheiro do contribuinte santanense no programa matinal do radialista Cunha Lopes.

Lembro, a outra emissora de rádio existente no município pertence a outro político estreito e arrogante, que tambem me censura, onde eu nunca pude dar um alô aos meus amigos de Santana. A desinformação premeditada favorece a eleição de políticos corruptos e autoritários, que em vez de representar os interesses da coletividade fazem do mandato balcão de negócios, trocam seus votos com governantes de plantão por emissoras de radio e televisão, infelizmente. 

Depois do post, Nogueira rebateu as informações do senador, também pelo Facebook. 

"Me respeite, Senador!  Não sou "dono" de rádio e, tampouco, tenho mandato político com poder de achacar ou vetar quem quer que seja.
A rádio Onda Livre sempre foi do Povo e tem mostrado resistência a todo tipo de desinformação e de "mascaramento" de notícia, o que a tem diferenciado das outras.
 Sr. já utilizou da emissora por diversas vezes e, ao que me parece, nunca foi, sequer, cobrado financeiramente para colaborar com o sustento dela, que sobrevive de pequenos apoios culturais.
Agora, Vossa Excelência entra com ação judicial por conta das eleições do ano passado contra a rádio, por infantilidade, cria animosidade com o comunicador âncora do Programa e depois me responsabiliza por isso?
Cobre da direção da Rádio, e não de mim.  Aliás, já faz um bom tempo que não falo com o senhor.
Nem por telefone.
Passar bem!"

Logo depois, Cunha Lopes trás nova justificativa para a censura e diz que foi por causa de uma ação judicial das eleições de 2014.

Caro Senador Capiberibe. Não esqueça de incluir em seu texto, o desrespeito para com este humilde radialista, único parceiro que esteve ao lado de seu filho governador, mostrando seus trabalhos, divulgando seus projetos, respeitando o acordo de cavalheiros que tínhamos até então. Mesmo assim, fui processado judicialmente, por discordar que ações movidas pelos senhores, tirassem emissoras do ar, em detrimento de apresentadores que, se quer, tinham participação nos fatos que geravam a suspensão total da programação daquelas emissoras. Por este comentário, em defesa do sustento de meus confrades, e mesmo sendo parceiros, fui processado pelos senhores em R$ 130.000. Agora me responda, senhor senador. Devo eu entrevistar pessoas que traem e desprezam seus parceiros? Não me sentiria bem entrevistando a quem não me respeita. Quem lhe negou o espaço fui eu. Não foi o Nogueira, fui eu. E por favor, não me procurem mais.

Resumo da ópera: Se Nogueira não é o 'proprietário´ da rádio comunitária Onda Livre Fm, como diz, então quem é o dono da emissora?

Leia também: Senador denuncia censura no Amapá.

Atualizado em 28-05-2015 às 90:56..
__
Jornalista desmente ex-prefeito de Santana. Jornalista desmente ex-prefeito de Santana. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, maio 28, 2015 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD