Header AD

Governo culpa ex-governador por goteiras no Setentrião

Governo Waldez diz que os problemas no palácio do Setentrião são reflexo não apenas da chuva, mas também da má qualidade da última reforma realizada no Setentrião na gestão de Camilo Capiberibe.

Goteiras ..
Acusações

O Governo do Estado atribui a culpa também ao governo de Camilo Capiberibe pelos supostos transtornas decorridos das intensas chuvas que têm caído em Macapá. A matéria do portal de notícias do governo diz que o "ex-governador [Camilo] firmou contrato por reforma mal executada do Setentrião". No contra argumento, a oposição acusa Waldez de ter abandonado dezenas de obras em setores essenciais como as obras da saúde pública, educação e infraestrutura de águas e esgotos.

Leia a matéria do portal do GEA.

Ex-governador firmou contrato por reforma mal executada do Setentrião
A intensa chuva que atingiu Macapá nos últimos dois dias trouxe prejuízos também ao Palácio do Sententrião. 

Na manhã dessa sexta-feira, 20, ao retornarem para o trabalho após o feriado, funcionários do governo do Estado do Amapá se depararam com várias goteiras, parte da estrutura dos tetos de algumas salas caídas e muitas infiltrações.

A escada principal de acesso ao segundo piso precisou ser interditada. As salas da coordenadoria de documentos, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e auditório também estavam com parte do teto comprometido. O elevador para deficiente físico foi tomado por água.

Ainda neste fim de semana os reparos serão providenciados.

Os problemas no prédio público são reflexo não apenas da chuva, mas também da má qualidade da última reforma realizada no Setentrião, na gestão passada.

No telhado do prédio, foi colocada manta asfáltica nas calhas, entretanto, o material foi instalado sem a camada de proteção e está cheio de fissuras e, em alguns pontos, está cedendo, o que tem gerado infiltrações e goteiras. Centrais de ar-condicionado, instaladas em locais inadequados, também têm gerado o mesmo problema.

As infiltrações reveladas pela chuva mostram também a falta de cuidado e o sucateamento do patrimônio público.

"Reconhecemos que o Palácio é uma estrutura antiga, porém, a má qualidade dos últimos reparos realizados, tem gerado todo esse transtorno", aponta o chefe de gabinete civil do Governo, Carlos Luiz Pereira Marques. Segundo ele, a Defesa Civil do Estado e Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinf) realizarão vistorias no prédio.

O chefe de gabinete da Seinf, Marcos Jucá, informa que a empresa responsável pela instalação da manta já foi acionada e, ainda neste fim de semana, iniciará os reparos. "Quando começar o verão, toda a manta será recolocada, desta vez, com a proteção. A ação não terá nenhum custo ao Estado, uma vez que a execução foi realizada em 2012 e durante cinco anos os reparos são de responsabilidade da empresa", lembra.

Outro problema de infraestrutura no Palácio do Setentrião é em relação ao serviço inacabado na troca das divisórias de PVC pelas de gesso. A última administração não cumpriu com o pagamento da empresa contratada e o serviço foi executado apenas pela metade, deixando mais um débito para o Estado. Ao percorrer algumas salas é possível ver as paredes inacabadas e fiações expostas.

De acordo com o chefe de gabinete da Seinf, o débito com a empresa responsável pelos serviços em execução do Palácio está orçado em quase R$ 100 mil, porém, a secretaria já negociou a dívida e pagamento para que as obras sejam retomadas. A previsão do reinício é na próxima terça-feira.

O contrato total com a empresa foi avaliado em R$ 452 mil e autorizado pelo ex-governador, Camilo Capiberibe. Além das obras pendentes, paralisadas desde outubro do ano passado, a empresa, com contrato ainda vigente, deverá realizar os serviços necessários, conforme avaliação da Seinf. "Se houver necessidade, vamos aditar o contrato", pontua Jucá.

Além disso, conforme Carlos Marques, toda a rede lógica, elétrica e telefônica do Setentrião também deverão receber novos investimentos, contemplados em pacote. O Centro de Gestão da Tecnologia da Informação (Prodap) já fez uma vistoria na rede lógica e atestou que a mesma não atende a necessidade e os padrões técnicos.
__
Governo culpa ex-governador por goteiras no Setentrião Governo culpa ex-governador por goteiras no Setentrião Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, março 23, 2015 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD