Header AD

Greve no MPF

Servidores do Ministério Público Federal decretam greve por tempo indeterminado.

A partir desta segunda, 09/02, os servidores da Procuradoria da República no estado Amapá suspenderão suas atividades por tempo indeterminado.


Após amargarem 9 anos sem reajuste e verem neste mesmo período os procuradores aumentarem seus salários e ampliarem uma gama de privilégios, os servidores do MPU iniciaram uma greve por tempo indeterminado com a finalidade de pressionar o Procurador Geral da República a valorizar a carreira daqueles que são verdadeiramente responsáveis pela sustentação do MPU.

A deliberação pela greve foi realizada em assembleia geral com a presença da maioria dos servidores da unidade. Foi deliberado também que as atividades da greve ocorrerão no período da tarde, com concentração em frente a Procuradoria da República.

Serão mantidos somente os serviços essenciais, como o protocolo judicial e o atendimento presencial para os casos urgentes.

Os grevistas pedem a compreensão e o apoio da população, pois estão a 9 anos sem aumento salarial, o que tem tornado a carreira cada vez menos atraente e provocado uma grande evasão de mão-de-obra qualificada.

A greve ocorre simultaneamente em todo país. No Amapá, que possui duas unidades do MPU, somente o MPF aderiu até o momento.

Sindicato Nacional dos Servidores do MPU - Seção Amapá.
__
Greve no MPF Greve no MPF Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, fevereiro 09, 2015 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD