Header AD

ALAP: nota de repúdio

Em nota, a Assembleia Legislativa do Amapá repudia suposto desrespeito do jornalista do G1, Abinoan Santiago

Abinoan
A Assembleia Legislativa do Amapá (ALAP) emite nota sobre o que considerou "desrespeitosa" a atitude do repórter do portal G1, Abinoan Santiago, acusando o profissional  de ser “um militante político travestido de repórter”.

A Assembleia alega que não é a primeira vez que o jornalista faz perguntas capciosas; declara que Abinoan compareceu ao prédio da ALAP nesta segunda-feira, com o único propósito de "tumultuar e constranger autoridades" com perguntas mentirosas.

O parlamento acusa o repórter do G1 de ocupar cargo comissionado na administração do PSOL na Prefeitura de Macapá, diz ainda que a postura do jornalista denota uma orquestração política a serviço de interesses presumivelmente ligados à Prefeitura de Macapá.

O jornalista fez perguntas que teria contrariado o presidente Moisés Souza (PSC) sobre as denúncias do Ministério Público (MP), referente aos desvios de mais R$ 50 milhões dos cofres públicos nesses 4 anos em que Souza presidiu a Assembleia.

A gota dágua para o desfecho da nota teria acontecido na eleição desta segunda-feira, 2, com as perguntas do repórter diante da reeleição de Moisés Souza: (1) “O senhor fala em oxigenação. Não seria contraditório disputar a eleição pela terceira vez?”(2)“O senhor pretende aumentar o controle de gastos, tenho em vista que deputados são processados por usar dinheiro pra comprar ração e assinar contrato com mortos, conforme denuncias do MP?”

A nota termina dizendo que a Assembleia tomará medidas administrativas e legais  junto à Rede Amazônica de Televisão para fazer frear o que considera "tamanha disparidade".

Veja a íntegra.


Nota de repúdio

A Assembleia Legislativa do Amapá vem a público repudiar a ação desrespeitosa e direcionada de um militante político travestido de repórter do Portal G1, sr. Abinoan Santiago.

Nesta segunda-feira, mais uma vez, o mencionado jornalista compareceu ao prédio do Parlamento Estadual com o único propósito de tumultuar e constranger autoridades locais com perguntas capciosas e mentirosas, que subsidiam reportagens sensacionalistas e em desalinho com a boa técnica jornalística e a ética profissional.

Abinoan é recém formado jornalista e de certo vem tentando ganhar notoriedade com suas incursões na Assembleia Legislativa, tanto que costuma vangloriar-se de seus “feitos” nas redes sociais da internet.

Fazendo jus à histórica denominação de Casa de Leis, a Assembleia Legislativa do Amapá sempre esteve de portas abertas para a sociedade, sendo um dos Poderes Constituídos que mais democratiza o acesso da população às suas dependências. De igual forma, em respeito aos princípios norteadores da liberdade de imprensa, sempre franqueou o acesso dos profissionais de imprensa para a cobertura dos acontecimentos na Casa.

Mas a ação de Abinoan Santiago destoa completamente daquilo que se considera um contraponto aceitável. Ocupante de cargo comissionado na administração do PSOL na Prefeitura de Macapá, sua postura denota uma orquestração política a serviço de interesses outrem, além de atentar contra o Código de Ética do Jornalismo.

A Assembleia Legislativa está adotando as medidas administrativas e legais para fazer frear tamanha disparidade, especialmente junto à Rede Amazônica de Televisão, um dos mais respeitados conglomerados de comunicação da região e que não pode ter toda sua tradição e credibilidade enodoada por oportunistas de ocasião.

Macapá-AP, 02 de fevereiro de 2015.

Assembleia Legislativa do Estado do Amapá – ALAP
Departamento de Comunicação - DECOM
__

ALAP: nota de repúdio ALAP: nota de repúdio Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, fevereiro 03, 2015 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD