Header AD

Coluna - Cássio Gonçalves

Criadores da própria felicidade

Cássio Gonçalves
Está doente? Pobre? Infeliz no amor? A responsabilidade é toda sua! Por mais dura que a afirmação pareça, esta conclusão é da Ciência, no caso, de pesquisadores da Física Quântica. Mas acalme-se. Ainda que a descoberta possa gerar culpa e desânimo num primeiro momento, no fundo, ela é muito mais positiva que negativa. Afinal, se somos capazes de criar nossos infortúnios, também conseguiremos inverter o processo e construir uma vida repleta daquilo que sonhamos de melhor.

Essa nova forma de enxergar a realidade foi testada e confirmada em laboratório. A experiência que trouxe as primeiras evidências disso – e que possibilitou a criação de todos aparelhos eletrônicos do nosso tempo – ocorreu em 1802. Batizada de Experimento da Dupla Fenda, a pesquisa pode ser encontrada em qualquer site de busca. Em suma, os testes mostraram que uma única partícula de elétron (um dos tijolinhos que formam a nossa realidade) é capaz de passar por dois pequenos buracos ao mesmo tempo.

A explicação é de que isso só é possível porque o elétron pode se comportar tanto como onda eletromagnética quanto como partícula “material”, dependendo da intenção do observador, no caso, os cientistas que realizaram a pesquisa. As fórmulas matemáticas construídas a partir dessa experiência é que possibilitou o tráfego de informações sonoras em celulares, de imagens pela televisão e de dados geográficos pelo GPS, por exemplo.

Mas as conclusões vão além. Como tudo o que existe no chamado mundo material possui elétrons, a regra vale para qualquer área da vida em qualquer lugar do universo. Desta forma, pode-se afirmar, por exemplo, que quem acredita que a vida é “martírio”, estará atraindo as próprias dificuldades que confirmarão sua crença. E não se trata de esoterismo ou senso comum.

Vários cientistas com títulos de Ph.D., alguns deles participantes do documentário “Quem Somos Nós” (disponível no You Tube), são categóricos em afirmar que a consciência humana pode manifestar a própria realidade. Ou seja, considerando certos parâmetros de tempo e espaço, pode-se transformar doença em saúde, atrair relacionamentos felizes e gerar prosperidade, através da união de criação mental e desejo emocional. Pensamento cria, sentimento atrai. Tudo começa, porém, com a eliminação, num nível psicológico e mental, de crenças errôneas instaladas pelo atual sistema social, cultural e religioso, que limitam tal manifestação.

A ciência oferece caminhos seguros para quem decidiu se responsabilizar pela própria felicidade, sem nenhum conflito com o conceito do Sagrado. Quem sentir a relevância do assunto, basta pesquisar os conteúdos sugeridos acima e tirar as próprias conclusões. Se se mostrarem equivocados, ganha-se pelo menos cultura. Mas, se se mostrarem corretas, conquista-se saúde, amor e prosperidade.

*Cássio Gonçalves é músico e jornalista
__
Coluna - Cássio Gonçalves Coluna - Cássio Gonçalves Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, janeiro 22, 2015 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD