Header AD

Diplomação dos eleitos de 2014

Diplomação: 12 dos eleitos estão enrolados na justiça

Portal Amapá/247

Enrolados
O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TER/Ap), realiza nesta quinta-feira (18) a diplomação de todos os candidatos eleitos nas eleições de 2014 e seus respectivos suplentes; Dos 34 efetivamente eleitos que receberão os diplomas das mãos do presidente do TRE-AP, desembargador Raimundo Vales, doze estão denunciados ou respondem ações judiciais

A maioria responde pela prática de crimes como: improbidade administrativa, denunciação caluniosa, fraude em licitação, corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha e até lavagem de dinheiro pelo pagamento ilegal de precatórios.

O governador  Waldez Góes (PDT) e o deputado Moises Souza (PSC) lideram a lista dos eleitos enrolados com a justiça. Ambos foram denunciados pela prática de diversos crimes relacionados ao desvio de recursos públicos. Waldez chegou a ser preso em 2010 e Moises encontra-se afastado da presidência da Assembléia Legislativa por decisão judicial.

Dos oito deputados federais dois deles, Roberto Góes (PDT) e Marcos Reategui (PSDC) também respondem a denúncias graves realizadas pelo Ministério Público. O ex-prefeito, Roberto Goés, é acusado de comandar um esquema montado para desviar recursos na prefeitura da capital. Já o ex-procurador geral do Estado e delegado da Polícia Federal, Marcos Reategui, é acusado de receber R$ 467 mil para autorização de pagamento ilegal de um débito no valor de R$ 3,9 milhões do Estado com a empresa Sanecir. Em outra ação o delegado responde por vazar informações de dentro a PF.

Entre os 24 deputados estaduais que serão diplomados,  nove estão enrolados com a justiça . São eles:

Marília Góes (PDT), Moises Souza (PSC), Michek JK (PSDB), Júnior Favacho (PMDB), Dr. Jaci (Pros), Charles Marques (PSDC), Mira Rocha (PTB), Roseli (DEM), e Kaka Barbosa (PTdoB).
Entidades da sociedade civil que lutam contra a corrupção no país, afirmam que a brechas na legislação brasileira permitem esse tipo de situação beneficiando políticos envolvidos em escândalos de corrupção e outros crimes. Por parte da sociedade havia a expectativa de que a lei da ficha limpa barrasse tais candidatos, porém quase nada mudou.

A reação deveria ocorrer nas urnas, no entanto, no caso do Amapá, os políticos presos em 2010 durante a operação Mãos Limpas foram os mais bem votados.
__
Diplomação dos eleitos de 2014 Diplomação dos eleitos de 2014 Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sexta-feira, dezembro 19, 2014 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD