Header AD

A política rasteira dos aliados de Waldez Góes em relação ao remanejamento orçamentário

Depois de dois meses da eleição, a mesquinhez política chega ao cume no Amapá com os aliados do governador eleito Waldez Góes obstaculizando o remanejamento orçamentário, fazendo com que centenas de famílias passem o fim de ano sem comemorar

Estupidez política

Do blog da Alcilene Cavalcante em 19 de dezembro de 2014

A decisão política da Assembleia Legislativa do Amapá em não autorizar o Governo do Estado a remanejar recursos é uma das coisas mais estúpidas que já vi no Amapá.

A bem da verdade, o governo do estado está há meses pedindo autorização à Assembleia Legislativa para remanejar recursos. A falta de autorização, está fazendo com que a gente veja todos os dias, serventes e merendeiras em manifestação pra receber salários atrasados.

O governador Camilo Capibriberibe, informou que “boa parte dos pagamentos em atraso são por falta de margem de remanejamento do GEA cujo PL, Assembléia Legislativa insiste em não votar”.

Ele disse ainda que o estado não tinha como prever o défict no orçamento, por causa do volume da queda no repasse dos recursos federais, consequência dos problemas na economia no país.

O ano foi muito difícil para os estados e municípios brasileiros, como todos os que acompanham o noticiário sabem. Os problemas na economia do país refletem diretamente em estados e municípios.
Não é hora de se criar mais problemas. Principalmente quando os atingidos são os que mais precisam.
__
A política rasteira dos aliados de Waldez Góes em relação ao remanejamento orçamentário A política rasteira dos aliados de Waldez Góes em relação ao remanejamento orçamentário Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sexta-feira, dezembro 19, 2014 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD