Header AD

"Um grito de alerta"

Na verdade, quem é Aécio Neves?

Texto atribuído a uma ex-namorada de Aécio Neves
Aécio
Ele não é apenas um representante dos tucanos e da coligação conservadora que tenta retomar o poder, do qual estão afastados a 12 anos.

A respeito dos tucanos já sabemos bastante, mas a respeito de Aécio, o que sabemos além de ser neto de Tancredo Neves?

Aécio Neves é um legítimo descendente da mais alta e poderosa elite mineira. Sua árvore genealógica é formada por famílias tradicionais de Minas, conhecidas por suas posses, terras e pela participação permanente na política do estado e do Brasil desde a República Velha.

Aécio tem em sua ascendência sobrenomes importantes do estado de Minas, não apenas os Neves do qual descende de sua mãe, os Tolentino, os Falcão, os Almeida, os Cunha, este último sobrenome do seu pai.

Aécio é filho de político, neto de político, bisneto e tataraneto de políticos, tanto por parte de pai, como de mãe.

Desde muito cedo Aécio foi escolhido para ser um dos representantes mais importantes dos clãs dos quais descende. Quando ele diz que está preparado, é verdade. Ele foi lapidado desde jovem para garantir a continuidade da influência e do poder das famílias as quais pertence e representa. Ele é um típico representante das antigas oligarquias brasileiras, tão responsáveis pelo nosso atraso. Incrível como isso é escondido.

Como filho da elite, foi estudar nos melhores colégios do Rio, pois a elite tradicional mineira não tinha Belo Horizonte como sua referência e sim o Rio, antiga capital do país desde os tempos do império.

Seu primeiro emprego, se é que se pode chamar assim, foi dado por seu pai, que era deputado federal por Minas: assessor parlamentar, cargo que ocupou dos 17 aos 21 anos. Exerceu o cargo no Rio, enquanto estudava nos colégios mais caros da zona sul da capital fluminense.

Depois ganhou um cargo no Governo Sarney, Vice-Presidente de Loterias da Caixa. Daí em diante foi ocupando cargos até se eleger deputado e seguir sua carreira. Ganhou concessões de rádio durante o governo Sarney, como era praxe, o que ajuda muito na sustentação política, como estamos vendo agora.

Sua descendência é de políticos tanto pelo lado do pai (que foi deputado e filho de deputado), como do lado da mãe, que era filha de Tancredo Neves, tradicional político mineiro de grande influência, que por sua vez, também era filho de políticos do estado.

Então, vejam só, Aécio é um legítimo representante da agenda conservadora seja pelo partido ao qual pertence, como pela sua família, de uma linhagem conectada com gerações de políticos representantes das elites mineiras desde a Velha República, pelo menos.

O Brasil, depois de avançar 12 anos na direção de um país mais justo, que se livrou da fome, reduziu a pobreza, praticamente eliminou a extrema pobreza, que ampliou as oportunidades para todos, principalmente para os mais pobres, pode devolver o poder aos grupos que por séculos dominaram a cena política brasileira.

Corremos o risco devolver o país aos senhores de terras, ao senhorio tradicional da política brasileira, travestido de moderno, e aliado aos grandes poderosos banqueiros, empresários familiares paulistas e várias outras famílias tradicionais, como as que são donas dos principais meios de comunicação do país.

Aécio não trabalhou um único dia na vida, como um trabalhador de qualquer natureza. Desde de muito jovem vem sendo preparado por sua família para assumir cargos e amealhar poder para seus familiares. Não por acaso tem inúmeros parentes em Minas que ocupam funções importantes no estado. O destino e a incompetência dos tucanos paulistas, tornou esse jovem, o líder de uma coligação que pretende frear os avanços populares.

Vejam como é louco esse mundo. A Dilma é a candidata que eles associam ao velho. Ela que não tem ascendência política tradicional alguma, nunca exerceu cargos políticos tradicionais, ao contrário, tem uma trajetória de executiva e técnica. Ela é o perfil novo de uma trajetória nova. O PT, da mesma forma, é que é o novo, formado das lutas dos trabalhadores (que tem seus defeitos, principalmente por adentrar no sistema político) e que rompeu com a tradição política brasileira, que nos trouxe à condição de um dos países mais injustos e desiguais do mundo.

Se você chegou até aqui, você tem a obrigação de ajudar a impedir que isso aconteça e que o nosso país de um passo atrás que vai impactar não só o Brasil, como toda a América Latina e o mundo, que nos vê com esperança...'
__
"Um grito de alerta" "Um grito de alerta" Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, outubro 20, 2014 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD