Header AD

Nota

Nota de esclarecimento da Frente Popular sobre suposta manipulação da Pesquisa do Ibope e vídeo

Indignação. É assim que a Frente Popular a Favor do Amapá recebe mais uma armação montada pela quadrilha que quer a todo custo voltar atomar conta do dinheiro do Amapá. Nós temos consciência do que estamos enfrentando, não esperamos outro comportamento dos nossos adversários e vamos até o final na luta contra a corrupção.

Em 2006, eles enganaram você, fazendo uma covarde montagem contra o Capi. Daquela vez, soltaram um vídeo de baixa qualidade da maternidade, que não provava nada, ganharam a eleição e deu no que deu: Waldez assumiu e, segundo a Polícia Federal, roubou mais de 1 bilhão da saúde, foi preso e envergonhou o Amapá.

Em 2012, a vítima foi a candidata a prefeita de Santana Marcivânia. Eles inventaram que ela estava recebendo dinheiro do prefeito Nogueira num motel. A mentira também pegou e Marcivânia perdeu a eleição. Robson Rocha virou prefeito de Santana.

Camilo cresce nas pesquisas não manipuladas. A população do Amapá abriu os olhos para a verdade. Isso faz os adversários demonstrarem desespero, espalhando na internet um vídeo de baixa qualidade e insinuando em suas rádios e TVs que Camilo está recebendo dinheiro ilegal. A Frente Popular já denunciou a farsa à polícia federal e ao Ministério Público Federal e pediu perícia e investigação. Não vamos nos deixar roubar outra vez. Fiquem de olho, eles vão montar novas farsas. Mas nós seguimos firmes e vamos vencer essa eleição!

Frente Popular a Favor do Amapá
__
Nota Nota Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sexta-feira, outubro 17, 2014 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD