Header AD

Aroldo Rabelo: a degeneração de uma liderança sindical

Aroldo Rabelo, agora que declaraste com quem andas, sei quem és.

Degeneração
Não poderia passar despercebida, neste segundo turno, a imagem do presidente do Sinsepeap, Aroldo Rabelo, ao lado de Waldez Góes num apoio recíproco; o fato pode ser relacionado à velha expressão: na política até jabuti sobe em açaizeiro.

Este não deixa de ser um fato que salta aos olhos e estarrece os educadores que resistiam em reconhecer que a greve de 2011-2012 foi motivada puramente por interesse político partidário ou no mínimo por interesses pessoais de um presidente em detrimento de milhares de educadores.

Aroldo Rabelo acaba por jogar de vez no lixo a sua trajetória no maior sindicato do Estado, depois de acumular anos de uma liderança forjada na decência e na responsabilidade educacional, se desvirtua do perfil ético tirando a máscara ao apoiar o ex-governador, que foi preso por desviar somente da merenda das crianças mais de R$200 milhões, fato que na época 2009 e 2010 os estudantes eram liberados mais cedo das aulas por causa da falta da merenda; além de se apropriar dos valores descontados dos consignados dos servidores públicos, o que inclui os profissionais da educação.

A guinada de Aroldo para a direita amapaense pode ter ocorrido quando recebera mais de R$30 mil de Moisés Souza, presidente da Assembleia Legislativa do Amapá, conciliando o útil ao agradável, desgastar o governo e embolsar ilegalmente recursos públicos. Além do mais, Aroldo é acusado de desviar recursos públicos do Sinsepeap e de não prestar contas dos recursos que saem dos contracheques dos professores.

Lamentável é perceber a degeneração da índole e da postura de um sindicalista que iniciou sua trajetória com um discurso de compromisso com o bem de uma categoria com indiscutível relevância para a sociedade.

Há dez dias o presidente pintou as dependências do Sindicado de AZUL numa clara evidência de sua excrecência.

Certamente os educadores de bem, creio ser mais de 99% dos professores, não concordam com a irresponsabilidade de quem deveria zelar pelos recursos educacionais.

Aroldo soma com Waldez, possivelmente, na tentativa de proteger sua postura nefasta no trato do bem público.

A sabedoria popular profere em suas sentenças “diz-me com quem andas que te direi quem és”. Aroldo Rabelo, agora que declaraste com quem andas, sei quem és.
__
Aroldo Rabelo: a degeneração de uma liderança sindical Aroldo Rabelo: a degeneração de uma liderança sindical Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, outubro 11, 2014 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD