Header AD

Apropriação indevida pelo candidato Waldez Góes

Propaganda eleitoral de Waldez Góes cita obra do governo anterior como sendo de sua gestão

Amapá 247
CAP(Central de Atendimento Popular)
Na reta final do segundo turno das eleições ao governo do Estado, o candidato Waldez Góes (PDT) decidiu apelar para obras que não realizou. Governador do Amapá entre 2003 e 2010, ele vem anunciando projetos feitos por outros gestores como executados durante a gestão dele.

Um dos exemplos de apropriação indevida é a Central de Atendimento à População (CAP) criada por meio da Lei 0639 de dezembro de 2001 durante a gestão do ex-governador João Alberto Capiberibe (PSB) e cuja única contribuição do governo seguinte foi mudar o nome para Super Fácil.

O CAP ou Super Fácil tem por finalidade planejar, executar e coordenar a política de orientação, atendimento e prestação de serviços ao cidadão, através de um sistema integrado de órgãos públicos e privados. Nos locais onde funcionam os referidos centros a população encontra serviços de órgãos como Cea, Caesa, Detran, Politec e outros.

Na propaganda eleitoral o Super Fácil aparece entre as principais realizações de Waldez que promete ainda realizar outras mudanças no serviço.

Lei n.º 0639, de 14 de dezembro de 2001

Publicada no Diário Oficial do Estado nº 2686, de 14.12.01
Cria a Central de Atendimento à População do Estado do Amapá, como órgão autônomo vinculado à Secretaria de Estado da Administração e dá outras providências.

O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAPÁ,
Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Amapá decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º - Fica criada a Central de Atendimento à População - CAP, órgão autônomo, vinculado à Secretaria de Estado da Administração, com a finalidade de planejar, executar e coordenar a política de orientação, atendimento e prestação de serviços ao cidadão, através de um sistema integrado de órgãos públicos e privados e exercer outras atribuições correlatas na forma do Regulamento.
§ 1º - A estrutura organizacional básica da Central de Atendimento a População, compreende:
I - DIREÇÃO SUPERIOR
1. Deliberação Singular
1. 1 Diretor-Presidente

II - ÓRGÃOS DE ASSESSORAMENTO
2. Chefe de Gabinete
3. Núcleo Setorial de Planejamento
3.1 Unidade de Contratos e Convênios
4. Comitê de Acompanhamento e Avaliação

III - ÓRGÃOS DE EXECUÇÃO PROGRAMÁTICA
5. Divisão de Atendimento
5.1 Unidade de Orientação ao Cidadão
5.2 Unidade de Normas e Procedimentos
5.3 Unidade de Supervisão de Atendimento
6. Divisão de Recursos Internos
6.1 Unidade de Gerenciamento de Dados
6.2 Unidade Administrativa e de Serviços Gerais
6.3 Unidade de Controle de Custos e Orçamento

§ 2º - As funções Gratificadas de Nível Superior e Intermediária estão contidas no Anexo I, desta Lei.

§ 3º - Ficam criadas as Centrais de Atendimento à População -CAP, nos Municípios de Macapá e Santana.
Art. 2º - Os serviços estarão disponíveis em cada Central de Atendimento à População, serão prestados pelos órgãos e entidades competentes, sendo o atendimento individual e direto ao cidadão.

Art. 3º- As Centrais de Atendimento à População serão implantadas com os seguintes objetivos:
I - concentrar em um único espaço físico a prestação de diversos serviços públicos;
II - dar atendimento ao cidadão, proporcionando diminuição de tempo e de custo;
III - propiciar ao cidadão alto padrão de atendimento com qualidade e eficiência;
IV - acolher, orientar e informar a população sobre os procedimentos necessários para o acesso aos serviços disponíveis.

Art. 4º - A instalação e o adequado funcionamento de cada Central de Atendimento a População contarão, no que couber, com servidores públicos estaduais, da Administração Direta e Indireta e do ex-Território Federal do Amapá, à disposição do Estado, que, para esse fim, vierem a ser selecionados, treinados e requisitados.

Art. 5º - A seleção, o treinamento e a requisição de que trata o artigo anterior serão feitos de forma centralizada, sob a coordenação e o gerenciamento da Secretaria de Estado da Administração e o Centro de Formação e Desenvolvimento de Recursos Humanos.

Art. 6º - Os servidores selecionados serão requisitados pela Secretaria de Estado da Administração junto a seus órgãos de origem para o desempenho das atividades de orientação e de atendimento ao público na Central de Atendimento à População.

Art. 7º - Os servidores designados para o desempenho de atividades na CAP as exercerão, diariamente, de segunda-feira a sábado, perfazendo um total de 40 (quarenta) horas semanais.
Parágrafo único - Os servidores cujos cargos e funções estejam incluídos em jornada de trabalho com carga horária semanal inferior à estabelecida no caput deste artigo não farão jus a acréscimos pecuniários que visem compensar esta diferença de jornada.

Art. 8º - Fica instituída a Gratificação pelo Desempenho de Atividades - GDA, a ser atribuída aos servidores designados na forma do art. 6º, desta Lei.

Parágrafo único- A gratificação será atribuída a todos os servidores, com exceção dos que exercerem cargo comissionado, com os valores fixos correspondentes às seguintes atribuições:
a) atividade de supervisão - valor mensal fixo de R$ 543,00 (quinhentos e quarenta e três reais);
b) atividade de atendimento e orientação ao público - valor mensal fixo de R$ 350,00 (trezentos e cinqüenta reais);

Art. 9º - A gratificação de que trata esta Lei será computada para fins de:
I - cálculo de décimo terceiro salário, na conformidade da legislação vigente;
II - cálculo de férias e do acréscimo de 1,3 (um terço) das férias.

Art. 10 - O servidor perderá o direito à percepção da Gratificação pelo Desempenho de Atividades na CAP, nas seguintes hipóteses:
I - cessação da designação para prestar serviços em Central de Atendimento à População, mediante ato da unidade que autorizou;
II - afastamentos, licenças ou ausências de qualquer natureza, salvo nos casos de férias, licença prêmio, gala, nojo, júri, faltas abonadas, licença para adoção, licença gestante, licença paternidade, licença para tratamento de saúde, até o limite de 45 (quarenta e cinco) dias, licença por acidente ocorrido no exercício de suas atribuições ou por doença profissional.

Art. 11 - Sobre o valor da gratificação de que trata esta Lei incidirão os descontos previstos na legislação previdenciária e outros.

Art. 12 - Constituem Patrimônio da CAP:
I - os bens originários de transferência do Governo do Estado do Amapá e os que venha a adquirir;
II - as doações, legados e heranças;
III - os bens de direito.

Art. 13 - Constituem recursos financeiros da CAP:
I - dotação orçamentária da Central de Atendimento à População, oriunda do orçamento da Secretaria de Estado da Administração, para o ano de 2001 e por dotação própria para os anos subseqüentes;
II - receitas de qualquer natureza provenientes do exercício de suas atividades;
III - renda de bens patrimoniais ou o produto da sua alienação na forma da legislação pertinente.

Art. 14 - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Macapá - AP, 14 de dezembro de 2001.
JOÃO ALBERTO RODRIGUES CAPIBERIBE
Governador

Anexo I do projeto de lei n.º 0025/2001 - GEA
Central de Atendimento à População
Denominação e quantificação de Cargos de Direção Superior e de Direção Intermediária
Cargo/Função Código Quantidade
Diretor Presidente CDS - 4 01
Chefe de Gabinete CDS- 2 01
Secretário Executivo CDI - 2 01
Secretário Administrativo CDI- 1 01
Motorista CDI- 2 01
Assessor Jurídico CDS - 2 01
Chefe do Núcleo Setorial de Planejamento CDS - 2 01
Chefe da Unidade de Contratos e Convênios CDS - 1 01
Chefe da Divisão de Atendimento CDS - 2 01
Chefe da Unidade de Orientação ao Cidadão CDS - 1 01
Chefe da Unidade de Normas e Procedimentos CDS - 1 01
Chefe da Unidade de Supervisão de Atendimentos CDS - 1 01
Chefe da Divisão de Recursos Internos CDS - 2 01
Chefe da Unidade de Gerenciamento de Dados CDS - 1 01
Chefe da Unidade Administrativa e de Serviços Gerais CDS - 1 01
Chefe da Unidade de Controle de Custos e Orçamento CDS - 1 01
Responsável por Grupo de Atividades II CDI - 2 04

__
Apropriação indevida pelo candidato Waldez Góes Apropriação indevida pelo candidato Waldez Góes Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, outubro 20, 2014 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD