Header AD

MP vê Roberto Góes como chefe de quadrilha e o denuncia à Justiça

O ex-prefeito de Macapá Roberto Góes é acusado de pertencer à quadrilha que desviou recursos da Prefeitura de Macapá na gestão de 2008 a 2012

Acusados de pertencerem à suposta quadrilha de Roberto Góes na PMM - reprodução
Segundo denúncia do Ministério Público Estadual, Roberto Góes(PDT), na gestão de 2008 a 2012, montou a Associação Maracá Eventos Culturais para lavar dinheiro através de notas fiscais frias; os beneficiários diretos do esquema eram o próprio prefeito (acusado de ser o chefe da quadrilha;só neste esquema, Góes teria desviado todo mês R$55 mil), além dos locutores Carlos Lobato, R$55 mil mensais; Roberto Gato, 35 mil mensais; Paulo Melém (presidente da associação Maracá), além de outras pessoas ligadas ao ex-prefeito.

Na primeira denúncia os envolvidos deverão responder pelos crimes cometidos na Prefeitura de Macapá (PMM), de peculato, lavagem de dinheiro, falsidade de documento particular, formação de quadrilha e emissão de notas fiscais falsas. Os denunciados são: Antônio Roberto Rodrigues Góes da Silva, Paulo Roberto da Gama Melém, Rogério Cavalcante Alcantara de Oiveira, Cristiano Freitas Lopes, Antenor Torres Alves Filho, Ramilson da Silva Conceição Machado Gomes e Cláudio Augusto Lobo da Silva.

A acusação denuncia a simulação para a criação da Associação Desportiva e Cultural Maracá, através da qual a PMM firmou convênio utilizado para desviar recursos públicos em proveito próprio e para terceiros. O valor pago em decorrência do convênio foi de R$ 3.583.757,00, mas as investigações indicam que não houve a prestação de serviços. A denúncia é baseada na movimentação financeira, escuta telefônica, autorizadas judicialmente, busca e apreensão na casa dos envolvidos, além de depoimentos.

Só não conseguiram desviar mais dinheiro porque seus atos foram contidos pela Operação Mãos Limpas, deflagrada pela Polícia Federal em 10 de setembro de 2010. (Com informações do MP e do jornalista Helio Nogueira)

O espaço do blog está aberto para os citados neste post, caso queiram se manifestar.
__
MP vê Roberto Góes como chefe de quadrilha e o denuncia à Justiça MP vê Roberto Góes como chefe de quadrilha e o denuncia à Justiça Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, setembro 02, 2014 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD