Header AD

Coluna do João Silva

COLUNA POLÍTICA & CIDADANIA

POLITIQUEIROS

A greve dos delegados de policia que devem entregar os cargos comissionados ao governador Camilo na manhã desta terça-feira, sob alegação de desprestígio e falta de condições de trabalho, é mais um movimento politiqueiro com objetivo de atingir o candidato da frente de esquerda e beneficiar Waldez Goés, chefe de uma organização criminosa que desviou mais de 1 bilhão e 500 milhões de reais do povo amapaense, mas que os delegados gostam, fazer o quê?

Algumas das figuras a frente do movimento não gostam do Amapá, não respeitam a sociedade, a profissão que exercem. Recebem ordem da Marília Goés viajando na maionese e são eleitores de carteirinha do WG que só ainda não foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa porque a Justiça do Amapá está enrolando.

No lugar do Camilo eu aceitaria os pedidos de exoneração de bom grado, porque nem voto iria perder dessa gente que trabalhou oito anos em delegacias indigentes, época em que a ordem era manipular as estatísticas do crime para parecer que estava tudo bem.

PENALIZADO

Foi o sentimento que me tomou de assalto ao ler a noticia envolvendo um jovem político publicada no G1 Amapá. O presidente em exercício da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) Júnior Favacho (PMDB) teria desviado R$ 689.473,05 em diárias de assessores do próprio gabinete e repassado parte do dinheiro a ex-deputada estadual Francisca Favacho e ao conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Amiraldo Favacho, mãe e pai do parlamentar.

A DENUNCIA

A denúncia é do Ministério Público do Amapá, que entrou com ação por improbidade administrativa contra os acusados por enriquecimento ilícito e prejuízos ao erário.Impressiona, neste caso, e em outros que conheço, a determinação em lesar o Estado apesar de tudo que se viu recentemente no Amapá, com seguidas operações da Polícia Federal, prisões e a pronta atuação do Ministério Público Federal e do Ministério Público Estadual.

CIRURGIA ADIADA

Companheira Graça Penafort, da Pastoral da Comunicação, informa que foi adiada a cirurgia a que se submeteria Dom Pedro Conti, Bispo de Macapá. O procedimento estava marcado pra ontem, 18H00. A cirurgia deixou de ser realizada por questão técnica, segundo o médico que o assiste, Alejandro Catena, e ficou para esta terça-feira, dia 23, no mesmo horário.

O Bispo está internado no Hospital São Camilo desde o dia 16. Constada uma luxação em uma das vértebras cervicais, decidindo-se pela realização da cirurgia. Dom Pedro viajava de Laranjal do Jari para Macapá, no domingo, quando perdeu o controle do veiculo em que viajava com duas catequistas, sendo que uma delas morreu e outra esteve internada, mas já está em casa fora de perigo, se recuperando de pequenos ferimentos, e do susto também.

APANHOU

O ex-senador Gilvan Borges, dono de 16 emissoras de rádio e 2 canais de televisão (eu acho que ele é sócio do Sarney) preferiu passar por longe do debate realizado no sábado passado pela Diário FM, debate conduzido pela radialista Ana Girlene, reunindo os candidatos ao Senado da República, aliás numa boa iniciativa da emissora.
Fugiu, mas não escapou de sentir na carne o que sente o governador Camilo atacado tenazmente pelo seu império de comunicação; todos os demais candidatos ao Senado lembraram do único feito da sua passagem no Congresso Nacional, a “premiação” que lhe valeu o  Penico de Ouro…Foi cacete de todo lado, até do Davi (DEM), ex-aliado.  Apanhou muito, e merecia apanhar mais por conta da ausência desrespeitosa.

INSENSATEZ

Refiro-me a campanha insidiosa movida por setores da mídia contra a figura do promotor Afonso Guimarães, um homem sério, que vem dando a esta terra a contribuição de um trabalho árduo que acaba incomodando quem têm culpa no cartório, daí a reação que se vê.
Desde que Ivana Cei assumiu o MP-AP, tem-se visto no Amapá uma luta surda contra os maus hábitos da vida pública, com destaque para a figura do Promotor Afonso empenhado em passar o Estado à limpo, em dar resposta aos que gostariam de ter ‘paz’ para continuar subtraindo o Estado sem ter que pagar por tenebrosas transações.
Tem minha solidariedade. Pelo que conheço, não vai recuar, não vai transigir diante da sua consciência responsabilidade.

NA CAÇAPA

Tem indivíduos que encontraram nesta terra generosas oportunidades que nunca tiveram em outros lugares e ofendem a nossa inteligência! Veja o caso do delegado Claudionor da Verde Rosa pensando que o Amapá azulou e aqui todo mundo é conivente, vai ouvir calado suas sandices ou tem o nariz furado de atravessado…Dizer que não quer participar dessa administração (referindo-se ao atual Governo)…Claro a gente sabe que o senhor é da outra administração, aquela que levou pela primeira vez um governador do Amapá e uma 1ª Dama para o Presídio da Papuda, precisamente daquela que o senhor Gosta, e parece que seu colega também, o Sávio Pinto<> Fique sossegado, todo mundo  sabe qual é o seu lado, é o lado da Marília Goés, aquela senhora que ao embarcar para a Papuda deu com o polegar pra cima, fique sossegado<>Claro que voces não estão preocupados com a segurança da sociedade, com o aparelhamento das delegacias, com as condições de trabalho, pois tudo isso o GEA tem feito, investindo em carros novos, melhorando as delegacias, chamando pessoal para a PC, a PM, além de valorizar seus quadros como forma de estimular o trabalho da segurança pública de um Estado que aos poucos emerge de um cenário de terra arrasada<>Respeitem o povo do Amapá, respeitem esta terra!<>Por hoje é só.
__
Coluna do João Silva Coluna do João Silva Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, setembro 23, 2014 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD