Header AD

Publicitário Walter Jr. responde a provocação do radialista Carlos Lobato.

Acusado de denegrir imagem de adversários políticos Carlos Lobato dispara contra o publicitário Walter Júnior.

Carlos Lobato e Walter Jr. - reprodução google images

Veja nota abaixo do publicitário Walter Júnior.

"LÁGRIMAS DE CROCODILO

O Carlos Lobato me acusou de ser um araponga (uma espécie de espião que trabalha em prol de um partido político). No caso, ele afirmou que eu pego informações do Twitter de adversários do governo e as repasso para o comitê jurídico do PSB. É mais uma das inúmeras mentiras que ele propaga a meu respeito.

Para esse tipo de serviço, existem empresas especializadas que fornecem tudo o que se fala a respeito de pessoas, empresas ou instituições na midia. São as empresas de clipping, uma atividade legal e rotineira no mundo inteiro. E TODOS os órgão que lidam com comunicação ou partidos políticos se utilizam desses serviços. Não tenho nenhum envolvimento nesses processos que ele e outros respondem ou pelas condenações, por emporcalhar e mentir sobre a honra das pessoas. Tanto que para processá-lo utilizei o serviço de uma dessas empresas.

No Twitter, assim como tenho lista de amigos, de veículos de comunicação, de humor... Fiz também uma lista de formadores de opinião, críticos do governo. Acompanho o que eles propagam. Utilizo para a minha informação pessoal. E faz parte do meu trabalho. As vezes, na crítica, surgem boas sugestões. Nomeei de ADVERSÁRIOS, a lista, porque a letra A é a primeira do alfabeto. E a pasta passou a ser a primeira do rol. Como poderia ter dado outro nome. Se ele não se acha adversário do governo e tem todo esse “apreço” por mim poderia ter ligado e questionado, como o Fascio o fez. Mas o Carlos Lobato não perde a oportunidade de me atingir e provocou toda essa celeuma. Se ele tivesse o intuito de esclarecer os fatos teria me chamado no seu programa. Mas o “jornalismo” que o Lobato pratica é de um lado só. É o do achincalhe que só ouve quem o interessa ou quem lhe dá proventos.

Quer outro exemplo: ele disse que mandou buscar um husckie siberiano pra mim. Mentira! Ele estava querendo se livrar do cachorro. Comprou um outro menor e o Husk passeava com o pequenino na boca machucando-o. Disse que não conseguia dormir com o choro do filhote de lhasa. Me ofereceu e eu aceitei.

Os jantares, os almoços e todo os cortejos do Lobato a mim tinham um só objetivo: acessar a verbas publicitária do governo. Chegou a dizer que se tivesse jogo de cintura, eu ficaria rico em seis meses. Como não conseguiu o que queria, me ataca.

O Lobato diz que recusou contrato de publicidade com o governo. Mentira! Trabalhou quase um ano. Rompeu o contrato porque não conseguiu as regalias que tinha em outros governos. Formalizou o rompimento quando cobramos a prestação do serviço, porque ele queria receber sem prestá-lo. Está aqui o documento provando o que digo: o oficio cobrando a veiculação dos comerciais que ele deixou de inserir.

“CONFORME O MAPA ANEXO DA EMPRESA DE FISCALIZAÇÃOO DE MIDIA CONTRATADA, HOUVE FALHAS NA VEICULAÇÃO DA CAMPANHA RENDA PRA VIVER MELHOR DO NOSSO CLIENTE GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ. SOLICITAMOS COMPENSAR AS FALHAS VEICULANDO, NO PERÍODO DE 18 A 31 DE MAIO, OS SPOTS RENDA PRA VIVER MELHOR 2, DE 30”E RENDA PRA VIVER MELHOR 3, DE 30”,ATÉ ENCAMINHARMOS OUTRO MATERIAL PARA SUBSTITUIÇÃO.”

E neste mesmo documento ele formalizou a desistência.

OBS.: CONFORME ENTENDIMENTO VERBAL COM A DIRETORA FINANCEIRA, D. EUGENIA, NÃO HÁ MAIS INTERESSE NOSSO EM MANTER CONTRATO COM O GEA/REVOLUTION. CARLOS LOBATO.

Na época o Lobato havia fechado um polpudo contrato com a Assembleia Legislativa.
E mais: Sou jornalista, sim, com registro profissional no. 993 na DRT-PA e filiado ao Sindicato dos Jornalista do Pará, e a Federação Nacional de Jornalista, sob o no. 82247. Ao contrario do que ele diz, ao contrario do que ele é. Qual o numero do registro de jornalista do Carlos Lobato, alguém sabe?
Sou também publicitário, com uma carreira bem sucedida aqui e no Pará. E conquistei a conta do governo do Amapá em uma licitação, onde 26 empresas de vários estados participaram. 7 se credenciaram e nenhuma contestou o resultado. Apesar de inúmeras investigações, ninguém conseguiu provar uma fraude sequer, das inúmeras denuncias que ele corneteou em seu programa.
Me falaram que o Lobato teria chorado quando falou sobre mim em seu programa. Certamente lágrimas de crocodilo, daqueles bem insensíveis.

Vejamos:
A acusação dele de eu ter abandonado o meu pai é leviana e despropositada. O Lobato sabe que mudei para o Amapá exatamente para poder cuidar do meu pai e da minha mãe.

Quem acompanhou o nosso drama, sabe do meu empenho. Não só meu, mas de toda a nossa família e de amigos. E não fiz mais do que a minha obrigação. Perdi meu pai, não tem dois meses. E o Lobato debocha do nosso sofrimento e utiliza inescrupulosamente um drama familiar para tentar me atingir. Dezenas de pessoas que acompanharam toda a nossa luta para manter o meu pai com saúde, se ofereceram para testemunhar contra ele na justiça. E é lá que vou interpelá-lo.

E não adianta mandar recados ameaçadores do tipo: que o candidato dele vai ganhar as eleições. Que vai dominar novamente a comunicação e que terei que me mudar daqui. Esses delírios não me intimidam."

Reprodução 

__
Publicitário Walter Jr. responde a provocação do radialista Carlos Lobato. Publicitário Walter Jr. responde a provocação do radialista Carlos Lobato. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sexta-feira, agosto 15, 2014 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD