Header AD

Propaganda eleitoral

TRE-AP define veiculação de horário eleitoral gratuito no rádio e na TV

TRE define regras para a propaganda eleitoral em rádio e TV - reprodução
O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) definiu, em audiência pública nesta quinta-feira (24), com representantes das agremiações participantes do pleito, emissoras de rádio e televisão, o horário eleitoral gratuito no rádio e TV. O encontro foi organizado pela Secretaria Judiciária (Sejud) e presidido pela Juíza Eleitoral Elayne Cantuária. Na ocasião, foi decidida por meio de sorteio a distribuição do tempo das coligações e partidos, além de quais os veículos que serão responsáveis pela geração dos sinais para transmissão de rádio e televisão.

De acordo com a legislação, os horários reservados à propaganda foram distribuídos entre todos os partidos e coligações, sendo 1/3 igualitariamente e 2/3 conforme a representação na Câmara dos Deputados. Após sorteio, ficou acordado que a TV Amazônia (SBT) e a Rádio Cidade (101.9) FM ficarão responsáveis pela geração do sinal para as demais emissoras.

Dias e horários

Governador - A ordem de veiculação da propaganda eleitoral ocorrerá duas vezes ao dia. Para o cargo de governador serão 20 minutos nas segundas, quartas e sextas-feiras, sendo das 7h às 7h20 e das 12h às 12h20 no rádio. Na TV, as inserções serão veiculadas nos mesmos dias, nos horários das 13h às 13h20 e das 20h30 às 20h50. Já para o cargo de senador, a propagada será veiculada nos mesmos dias, também em dois horários, das 7h40 às 7h50 e das 12h40 às 12h50 no rádio. Na televisão, a propaganda eleitoral para o mesmo cargo será exibida das 13h40 às 13h50 e de 21h10 às 21h20.

Deputado federal - Terças, quintas e sábados foram os dias destinados para a propaganda eleitoral ao cargo de deputado federal, com 25 minutos no rádio, das 7h25 às 7h50 e das 12h25 às 12h50. Já na TV, a veiculação será das 13h25 às 13h50 e das 20h55 às 21h20. E nos mesmos horários para presidente da República. A propaganda dos concorrentes a deputado estadual também será nas segundas, quartas e sextas-feiras, durante 20 minutos. No rádio, das 7h20 às 7h40 e das 12h20 às 12h40. E na televisão, das 13h20 às 13h40 e das 20h50 às 21h10.

Coligações - Para governador serão sete coligações: a primeira exibida é a “Frente Popular a Favor do Amapá”, de Camilo Capiberibe (PSB) - com 4 minutos, 21 segundos e 43 centésimos na TV, o mesmo tempo o rádio; seguida do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU), de Genival Cruz - 57 segundos e 14 centésimos na TV e o mesmo tempo o rádio. A terceira propaganda eleitoral gratuita será a da coligação “O Futuro Começa Agora”, do candidato Jorge Amanajás (PPS) - 1 minuto, 59 segundos e 52 centésimos na TV, o mesmo tempo o rádio; depois “Unidos Pelo Amapá que Queremos”, de Bruno Mineiro (PT do B) - com 2 minutos, 52 segundos e 54 centésimos na TV, o mesmo tempo o rádio.

Segue com Partido Comunista Brasileiro (PCB),do concorrente Décio Gomes - 57 segundos e 14 centésimos na TV, o mesmo tempo o rádio;  posteriormente vem a coligação “Juntos Pelo Desenvolvimento, pela Paz e Pela Vida”, de Lucas Barreto (PSD) - 4 minutos, 32 segundos e 34 centésimos na TV, o mesmo tempo o rádio; e finaliza com a coligação “A Força do Povo”, do candidato Waldez Góes (PDT) - 4 minutos, 19 segundos e 87 centésimos na TV, o mesmo tempo o rádio.

Senado - Para o Senado, foram divididos 11 blocos: inicia com o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (com 20 segundos na TV e o mesmo tempo de rádio); na sequência vem o Partido Comunista Brasileiro (com 20 segundos na TV e o mesmo tempo de rádio); segue com Partido Republicano Congressista (com 21 segundos e 67 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); depois vem a propaganda do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (20 segundos na TV e o mesmo tempo de rádio); a quinta inserção é do Partido Trabalhista Cristão (com 20 segundos na TV e o mesmo tempo de rádio); a coligação “Juntos Pelo Desenvolvimento, pela Paz e Pela Vida” vem em seguida (com 2 minutos, 15 segundos e 48 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio).

A coligação “Frente Popular a Favor do Amapá” vem depois (2 minutos, 9 segundos e 62 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); na sequencia será veiculada a propaganda do Partido da Mobilização Nacional (PMN) - 22 segundos e 51 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio; posteriormente, virá a inserção da aliança “Unidos Pelo Amapá que Queremos” (com 1 minutos, 21 segundos e 92 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); e finaliza com a coligação “A Força do Povo” (2 minutos, 8 segundos e 79 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio).

Ordem - A ordem para deputado federal ficou definida em seis blocos: “Juntos Pelo Desenvolvimento, pela Paz e Pela Vida” (5 minutos, 52 segundos e 34 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); “Amapá que Avança” (3 minutos, 47 segundos e 58 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); “Amapá que Queremos” (2 minutos, 41 segundos e 30 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); Partido Socialista Unificado (PSTU) - 1 minuto, 23 segundos e 33 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); “A Força do Povo” (5 minutos, 36 segundos e 74 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio) e “Frente Popular a Favor do Amapá” (5 minutos, 38 segundos e 69 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio).

Já para os concorrentes ao cargo de deputado estadual, a propaganda foi dividida em oito blocos: “Para o Amapá Avançar” (1 minuto, 41 segundos e 86 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); PSTU (36 segundos e 36 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); PSC (55 segundos e 07 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); coligação “Juntos Pelo Desenvolvimento, pela Paz e Pela Vida” (4 minutos, 11 segundos e 56 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); PRP (39 segundos e 48 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); coligação “A Força do Povo” (3 minutos, 59 segundos e 09 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); coligação “Amapá que Avança” (3 minutos, 21 segundos e 66 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); PSB (1 minuto, 15 segundos e 35 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); coligação “Trabalho e Cidadania” (41 segundos e 04 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio); aliança “Trabalho e Luta” (1 minuto, 21 segundos e 58 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio) e coligação “Unidos Pelo Amapá” (1 minuto, 16 segundos e 91 centésimos na TV e o mesmo tempo de rádio).

As regras de podem ser acessadas no site do TRE-AP, através do endereço eletrônico: http://www.tre-ap.jus.br/eleicoes/eleicoes-2014/propaganda-eleitoral

Tempo de propaganda no rádio e na TV(Coligação)

FRENTE POPULAR A FAVOR DO AMAPÁ 07:00:00 07:04:21 12:00:00 12:04:21 04:21

16 - Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado 07:04:21 07:05:18 12:04:21 12:05:18 00:57

O FUTURO COMEÇA AGORA 07:05:18 07:07:17 12:05:18 12:07:17 01:59

UNIDOS PELO AMAPÁ QUE QUEREMOS 07:07:17 07:10:09 12:07:17 12:10:09 02:52

21 - Partido Comunista Brasileiro 07:10:09 07:11:06 12:10:09 12:11:06 00:57

JUNTOS PELO DESENVOLVIMENTO PELA PAZ E PELA VIDA 07:11:06 07:15:38 12:11:06 12:15:38 04:32

A FORÇA DO POVO 07:15:38 07:20:00 12:15:38 12:20:00 04:22

ASCOM/TRE
_
Propaganda eleitoral Propaganda eleitoral Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, julho 28, 2014 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD