Header AD

Moisés e Edinho estão fora do comando da ALAP

Justiça determina afastamento dos deputados Moisés Souza e Edinho Duarte da mesa diretora da ALEAP

BASTA! Justiça determina afastamento da dupla recordista de casos de denúncias de corrupção no Amapá. - foto/reprodução 
Agora parece ser definitivo: Moisés Souza e Edinho Duarte estão fora do comando Assembleia Legislativa do Amapá(ALAP). Mais uma vez a justiça, nesta quarta-feira, (23) afastou os recordistas de Ações Penais no que tange à acusação de corrupção. Felizmente o pleno do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), por decisão da maioria proveu o Agravo de Instrumento interposto pelo Ministério Público do Amapá (MP-AP), determinando o afastamento dos deputados dos cargos de presidente e primeiro secretário da Mesa Diretora da ALAP pela prática dos crimes de lavagem de dinheiro, fraude em licitação, formação de quadrilha e outros, nos autos da Ação Penal nº 0001712-16.2013.8.03.0000 – Caso da Rede Lógica (R. Costa de Almeida).

O pleno derrubou a tese de defesa do desembargador Constantino Brahuna, que preferia que os dois deputados permanecessem nos cargos.

Entenda o caso:

O Ministério Público do Amapá apresentou, em 13/12/2013, denúncia contra os deputados Moisés Souza e Edinho Duarte, além de outros, decorrente de contratação ilegal da Empresa R. Costa de Almeida para execução de serviço na rede lógica do prédio matriz.

Na inicial, o MP-AP pleiteou, liminarmente, o afastamento dos referidos deputados, pedido este negado pelo Relator, desembargador Constantino Brahuna, sob o argumento de que ambos já estariam afastados em outro processo, o de número 0000937-35.2012.87.03.0000 - Caso COOTRAN.

Com a decisão, a Assembleia Legislativa deverá ser notificada, formalmente, da obrigatoriedade em afastar novamente os referidos deputados.

Ao todo, o MP-AP moveu 34 Ações de Improbidade Administrativa e 14 Ações Penais contra os deputados Moisés Souza e Edinho Duarte, após a Ação de Busca e Apreensão deferida contra a ALEAP, em maio de 2012, “Operação Eclésia”, que apontam, até o momento, desvios de recursos públicos de mais de R$ 45 (quarenta e cinco) milhões de reais.

Com informações do MPE/AP
_
Moisés e Edinho estão fora do comando da ALAP Moisés e Edinho estão fora do comando da ALAP Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, abril 24, 2014 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD