Header AD

Homenagem: um ano sem Chavez

Um ano sem Hugo Chávez: frases marcantes

Um ano sem Chavez
“Você viu o Katrina? Deixaram os pobres se afogar. Em Cuba, evacuam até as galinhas quando há furacão. Nos Estados Unidos, eles deixam que os pobres se afoguem.”

“Para lhe dizer no meu inglês ruim: you are a donkey. Digo assim, para dizer com todas as letras a George W. Bush. You are a donkey, mister Bush. Você é um covarde. Por que não vai ao Iraque comandar suas forças armadas? É muito fácil comandar à distância.”

“Que triste ver o presidente de um povo como o mexicano se prestar a ser um cachorrinho do império” (sobre o então presidente do México Vicente Fox).

“O revolucionário é o escalão mais alto da espécie humana. Cristo é um dos maiores revolucionários da história: ‘–Você tem que morrer pelos demais.’  ’–Sim, aceito’.”

“O neoliberalismo é o caminho que conduz ao inferno.”

“ALCA, ALCA, al carajo.”

“Coca não é cocaína, cocaína é o que consomem nos Estados Unidos, o primeiro consumidor mundial de cocaína.”

“O socialismo que pretendemos na Venezuela tem muito de socialismo cristão. Para mim o primeiro grande socialista de nossa era é Jesus Cristo, e o primeiro grande capitalista é Judas Iscariotes, que o vendeu por trinta moedas.”

“Nós, os revolucionários, estamos cheios de fogo por dentro.”

“Estou aqui parado firme. Mande-me o povo que eu saberei obedecê-lo. Sou soldado do povo, vocês são meus chefes.”

“Se o clima fosse um banco, já o teriam salvo.”

“Sou o irmão mais escuro da América, pedindo justiça e igualdade para a raça negra americana, para os afro-americanos; também somos americanos.”

“Boa parte da riqueza europeia tem sua origem nas riquezas minerais do novo mundo, que alimentaram os cofres das monarquias da Europa.”

“O papa não é nenhum embaixador de Cristo na Terra, como eles dizem. Pelo amor de Deus! Que é isso? Cristo não precisa de embaixador, Cristo está no povo.”

“Triste da revolução que depende de um só homem. Na realidade, não é uma revolução, é demasiado frágil para pretender ser uma revolução. Eu não me creio imprescindível. Não existem imprescindíveis.”

(Socialista Morena)
_
Homenagem: um ano sem Chavez Homenagem: um ano sem Chavez Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, março 08, 2014 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD