Header AD

Clima pré - eleitoral tenso na UNIFAP

Polêmica sobre a participação da pré-candidata Eliane Superti na recepção a novos docentes e aos calouros 2014

Reitor José Carlos Tavarez teria praticado abuso de poder ao apresentar o que seria sua pré-candidata Eliane Supesti  a novos docentes e à calourada 2014 - foto reprodução
A blogueira Alcilene Cavalcante denunciou suposto favorecimento da máquina da reitoria da Unifap em prol da pré-candidata Eliane Supesti. Alguns dizem que Supesti será a candidata do reitor José Carlos Tavarez.

O post "Clima começa a esquentar nas eleições da Unifap" revela que "suspeita de favorecimento contraria professores da Unifap e pré-candidatos à reitoria, que solicitaram que o nome da professora Eliane Superti, não estivesse na programação de recepção aos novos docentes e calouros da instituição. A professora seria a candidata apoiada pelo reitor Tavares, nas eleições para a reitoria. Outros candidatos acham que isso se configura na utilização da máquina para favorecimento da candidatura da situação. Outra suspeita de favorecimento seria a definição do local das urnas. Uma das urnas para votação dos alunos ficará localizada justamente no Curso de Ciências Sociais, da mesma candidata."

Uma docente da Instituição desabafa, contrariada do que seria abuso de poder do reitor José Carlos Tavarez quando diz que "o NOME OFICIAL para concorrer à reitoria, TODOS sabem que não há claro, pois o processo oficial ainda não foi instalado. Mas… TODOS também sabem quem são os/as pré-candidatos/as, inclusive o/a pré-candidato/a AMPLAMENTE apoiado/a pela administração. Nos corredores da unifap esse “papo” é do cotidiano. Quando se organiza um processo de recepção aos estudantes calouros da unifap e que também OBRIGATORIAMENTE incluirá professores recém-contratados e como palestrante é colocada uma pré-candidata mesmo havendo o QUESTIONAMENTO na reunião para discussão de tal evento, para que não houvesse essas palestras com estas palestrantes (eram duas, a princípio), pois esse procedimento seria inadequado já que as palestrantes, de domínio do público unifapiano, são pré-candidatas a reitoria e vice-reitoria, de nada adiantou, pois quando recebemos a programação ainda constava o nome de uma das pré-candidatas como palestrante do evento. Fica então o questionamento: os/as demais pré- candidatos/as, porque não foram chamados? Se isso não é favorecimento, é o quê? Neste sentido, eu profª Marcia Jardim Diretora do Departamento de Educação da unifap (eleita em processo verdadeiramente democrático) ratifico que esse procedimento é antidemocrático, autoritário e se configura sim, explicitamente, como utilização da máquina para favorecimento de uma candidatura da situação. NÃO CONCORDAMOS COM ISSO! A UNIFAP NÃO É FEUDO! E A LUTA CONTINUA!."

Até as eleições algumas polêmicas podem aparecer e certamente estarão na ordem do dia da academia.
_

Clima pré - eleitoral tenso na UNIFAP Clima pré - eleitoral tenso na UNIFAP Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, março 26, 2014 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD