Header AD

Governador sanciona lei do Passe Livre para estudantes carentes

Transporte coletivo: governador Camilo sanciona lei que garante gratuidade a estudantes carentes


Da Redação - Agência Amapá

Governador Camilo Capiberibe assegura que o importante, nesse momento, é que quem mais precisa não vai mais pagar transporte para estudar

O Amapá deu um largo passo na direção da principal reivindicação das manifestações nacionais de junho: o passe-livre. Batizada de "Passe Social Estudantil", a nova lei que garante a gratuidade no transporte coletivo a estudantes carentes do ensino público foi sancionada na manhã desta terça-feira, 17, pelo governador do Amapá, Camilo Capiberibe.

A partir de agora, estudantes de instituições públicas dos níveis fundamental, médio e superior que pagam a meia-passagem e estão cadastrados no Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Amapá (Setap) terão direito à tarifa zero.

A outra metade, que antes era paga por esses estudantes – valor que corresponde a aproximadamente R$ 500 mil mensais –, agora será custeada da seguinte forma: o governo custeará 2/3 do total e a prefeitura garantirá 1/3 da conta. Para levantar os recursos, a nova lei criou o Fundo Estadual para o Passe Social Estudantil – que será vinculado à Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (SIMS).


O governador Camilo Capiberibe lembrou que a decisão é uma resposta às reivindicações do movimento "Vem pra Rua", que, no mês de junho, levou milhões de brasileiros em todo o país a protestarem e reivindicarem melhorias em quase todos os setores da administração pública, em especial com relação à mobilidade urbana.

"É uma reivindicação de várias gerações estudantis que começamos a atender. Primeiramente com quem mais precisa e, futuramente, estudaremos uma forma de estender esse benefício. Mas o importante é que, nesse momento, quem mais precisa não vai mais pagar transporte para estudar", assegurou o governador.


De autoria do Governo Estadual e da Prefeitura de Macapá, a lei que regulamenta o Passe Social Estudantil foi aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa.

Critérios

De acordo com a secretária de Estado da Inclusão e Mobilização Social, Cláudia Camargo Capiberibe, inicialmente, dez mil beneficiários serão atingidos. A medida vale para as linhas que trafegam na capital e no trecho Macapá/Santana.

Os beneficiários do Passe Social Estudantil também devem pertencer às famílias atendidas pelos programas sociais Renda para Viver Melhor, Bolsa Família, Onda Jovem e Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).

Elder de Abreu/Secom

_
Governador sanciona lei do Passe Livre para estudantes carentes Governador sanciona lei do Passe Livre para estudantes carentes Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, dezembro 17, 2013 Rating: 5

3 comentários

  1. Governo sancionando tal que beneficia somente aos estudante de baixa renda a essa altura do campeonato, é uma proposta a alimentar futuros votos de sua campanha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ENTÃO NESSA SUA LÓGICA O GOVERNO NÃO TEM QUE FAZER NADA PARA OS MAIS CARENTES? QUE MEDIOCRIDADE, HEIN?

      Excluir
    2. ENTÃO NESSA SUA LÓGICA O GOVERNO NÃO TEM QUE FAZER NADA PARA OS MAIS CARENTES? QUE MEDIOCRIDADE, HEIN?

      Excluir




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD