Header AD

Defesa do empresário Luciano Marba contesta teor de gravações

Numa entrevista para tv local advogado Valdenes Barbosa apresenta-se em defesa de Luciano Marba

Defesa de Luciano Marba se pronuncia e contesta acusações / foto -G1/AP
Nesta quinta-feira, 31, o advogado do empresário Luciano Marba, Valdenes Barbosa, concedeu entrevista a uma emissora de tv local, contestando o teor das gravações que comprometem seu cliente. A defesa alega que para compreender os diálogos é preciso conhecer o contexto da conversa. Segundo o advogado, em todas as gravações não se pode dizer se as coisas aconteceram ou não, por não se conhecer o contexto em que aquilo foi dito. Quando o advogado afirma ser necessário conhecer o contexto para compreender um diálogo, ele se enche de razão e, enche-se mais ainda quando afirma que “até em juízo pra que você pegue uma fala, você precisa incluir ela num contexto...”. Essa é uma verdade sabida de todos e nisso todos concordam, mas o que surpreendeu a sociedade macapaense foi a afirmativa de Marba: "você me obrigou a mandar matar uma pessoa". Vejamos, o verbo obrigar foi empregado no pretérito perfeito do indicativo, forma verbal utilizada para falar de um fato ocorrido e concluído em determinado momento do passado, fato este identificado no enunciado: mandar matar. Mas se a frase afirmativa de Marba significa, na verdade, uma negativa, um possível contexto irá esclarecer de modo cabal à luz das informações contíguas. Contudo, o que intriga a investigação é o encadeamento das palavras de Marba: você me obrigou a mandar matar uma pessoa; já que a proposição remete, coincidentemente ou não, a um fato ocorrido também num tempo passado: o assassinato do ex sócio, Edival Santos. Resta, agora, à investigação concluir com base nos fatos e no amontoado de disse-não-disse o que realmente foi dito e feito.

Leia também...
Grampos comprometem empresário Luciano Marba

LMS-Vigilância: a pedra no sapato do Governo Camilo
_

Defesa do empresário Luciano Marba contesta teor de gravações Defesa do empresário Luciano Marba contesta teor de gravações Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sexta-feira, novembro 01, 2013 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD