Header AD

Artigo - Passe Social Estudantil

Passe Social Estudantil: o PSB mais uma vez mostra que ouviu a voz das ruas do Amapá

Por Bruno Vaz 

O PSB que hoje governa o Amapá mostra, mais uma vez, que ouviu a voz das ruas emergidas durante as manifestações de junho ocorridas em todo o Brasil. Uma bandeira histórica do movimento estudantil que é a gratuidade no transporte coletivo para estudantes, começa a ser atendida, após o anuncio de um programa que vem melhorar a vida de muitos estudantes amapaenses.

Após ter reduzido a tarifa do transporte coletivo intermunicipal e ter permitido a redução desta tarifa na capital, o governo do PSB encaminhou para a Assembleia Legislativa o projeto de lei que regulamenta o Passe Social Estudantil, fruto de uma decisão política do jovem governador socialista Camilo Capiberibe. O projeto foi aprovado por unanimidade. Um valoroso investimento na vida de estudantes carentes do ensino fundamental ao universitário.

O Passe Social Estudantil é mais uma política de Estado que atingirá diretamente a vida do jovem e de sua família. O que gera custos familiares com a compra de recargas de passagem, agora poderá se tornar em investimento em capacitação, alimentação, vestuário, compra de livros e muitas outras alternativas para 10 mil jovens que passarão a ser beneficiados ainda este ano.

A mobilidade urbana é uma das principais bandeiras de luta do PSB em todo o Brasil. Foi o pioneiro no país no debate sobre o tema a partir da redução de impostos, buscando solucionar os problemas com mobilidade urbana, barateando passagens e, ao mesmo tempo, investindo na qualidade dos serviços. Foi o partido que também apresentou no Congresso Nacional a proposta de emenda constitucional que coloca o transporte como um direito constitucional.

A Juventude Socialista Brasileira (JSB) muito se orgulha deste momento, pois construiu, de forma ativa, as mobilizações da revolta de junho no Amapá, que chamava a atenção e reivindicava melhorias na qualidade dos serviços públicos, sobretudo na qualidade do transporte coletivo e da necessidade de garantir “catraca livre” para jovens estudantes. A JSB encaminhou esta pauta, participando do diálogo e do processo técnico que culminou no programa. Uma pauta de extrema importância para se atender o direito da juventude à mobilidade urbana e acesso à educação, trabalho, esporte, cultura e lazer.

O PSB está perto daqueles que mais precisam. Encaminha as pautas sociais de forma a atendê-las efetivamente. A juventude amapaense durante esses três anos de gestão já reconhece que hoje, verdadeiramente, é atendida por políticas de juventude concretas, que evitam a evasão escolar, garantem a profissionalização para o mercado de trabalho, o ingresso e permanência na educação superior, acesso à mídia democrática e livre, bem como o seu desenvolvimento de forma integral, saudável e com mais qualidade de vida.

A JSB continuará levando as pautas juvenis para o âmbito do nosso governo socialista, prosseguindo no debate em torno da ampliação da gratuidade no transporte coletivo para os estudantes. Um passo à frente foi dado e disposição e compromisso o PSB tem em atender esta pauta. Avante!

Bruno Vaz é militante da Juventude do PSB/AP e acadêmico do 10º semestre do curso de Enfermagem na UNIFAP. Quando estava presidente do Centro Acadêmico de Enfermagem da UNIFAP foi um dos líderes dos atos contra o aumento tarifário em Macapá em 2011 e das manifestações de junho deste ano.
_
Artigo - Passe Social Estudantil Artigo - Passe Social Estudantil Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, novembro 27, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD