Header AD

Artigo - Passe Social Estudantil

Passe Social Estudantil: o PSB mais uma vez mostra que ouviu a voz das ruas do Amapá

Por Bruno Vaz 

O PSB que hoje governa o Amapá mostra, mais uma vez, que ouviu a voz das ruas emergidas durante as manifestações de junho ocorridas em todo o Brasil. Uma bandeira histórica do movimento estudantil que é a gratuidade no transporte coletivo para estudantes, começa a ser atendida, após o anuncio de um programa que vem melhorar a vida de muitos estudantes amapaenses.

Após ter reduzido a tarifa do transporte coletivo intermunicipal e ter permitido a redução desta tarifa na capital, o governo do PSB encaminhou para a Assembleia Legislativa o projeto de lei que regulamenta o Passe Social Estudantil, fruto de uma decisão política do jovem governador socialista Camilo Capiberibe. O projeto foi aprovado por unanimidade. Um valoroso investimento na vida de estudantes carentes do ensino fundamental ao universitário.

O Passe Social Estudantil é mais uma política de Estado que atingirá diretamente a vida do jovem e de sua família. O que gera custos familiares com a compra de recargas de passagem, agora poderá se tornar em investimento em capacitação, alimentação, vestuário, compra de livros e muitas outras alternativas para 10 mil jovens que passarão a ser beneficiados ainda este ano.

A mobilidade urbana é uma das principais bandeiras de luta do PSB em todo o Brasil. Foi o pioneiro no país no debate sobre o tema a partir da redução de impostos, buscando solucionar os problemas com mobilidade urbana, barateando passagens e, ao mesmo tempo, investindo na qualidade dos serviços. Foi o partido que também apresentou no Congresso Nacional a proposta de emenda constitucional que coloca o transporte como um direito constitucional.

A Juventude Socialista Brasileira (JSB) muito se orgulha deste momento, pois construiu, de forma ativa, as mobilizações da revolta de junho no Amapá, que chamava a atenção e reivindicava melhorias na qualidade dos serviços públicos, sobretudo na qualidade do transporte coletivo e da necessidade de garantir “catraca livre” para jovens estudantes. A JSB encaminhou esta pauta, participando do diálogo e do processo técnico que culminou no programa. Uma pauta de extrema importância para se atender o direito da juventude à mobilidade urbana e acesso à educação, trabalho, esporte, cultura e lazer.

O PSB está perto daqueles que mais precisam. Encaminha as pautas sociais de forma a atendê-las efetivamente. A juventude amapaense durante esses três anos de gestão já reconhece que hoje, verdadeiramente, é atendida por políticas de juventude concretas, que evitam a evasão escolar, garantem a profissionalização para o mercado de trabalho, o ingresso e permanência na educação superior, acesso à mídia democrática e livre, bem como o seu desenvolvimento de forma integral, saudável e com mais qualidade de vida.

A JSB continuará levando as pautas juvenis para o âmbito do nosso governo socialista, prosseguindo no debate em torno da ampliação da gratuidade no transporte coletivo para os estudantes. Um passo à frente foi dado e disposição e compromisso o PSB tem em atender esta pauta. Avante!

Bruno Vaz é militante da Juventude do PSB/AP e acadêmico do 10º semestre do curso de Enfermagem na UNIFAP. Quando estava presidente do Centro Acadêmico de Enfermagem da UNIFAP foi um dos líderes dos atos contra o aumento tarifário em Macapá em 2011 e das manifestações de junho deste ano.
_
Artigo - Passe Social Estudantil Artigo - Passe Social Estudantil Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, novembro 27, 2013 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD