Header AD

Nota de Esclarecimento

Governo do Amapá - Nota de Esclarecimento sobre o naufrágio

Número oficial de vítimas é de oito pessoas; desaparecidos, segundo o Sindsep, seriam dez.
Acerca do naufrágio do Barco Motor "Capitão Reis I" na manhã deste sábado, 12, quando retornava do Círio Fluvial em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré, o Governo do Estado do Amapá informa que:
Por volta das 10h30, a embarcação, que estava alugada para o Sindicato dos Servidores Públicos Federais Civis no Estado do Amapá (Sindsep), transportando aproximadamente 60 pessoas, tombou repentinamente e naufragou rapidamente.

Imediatamente, o Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBMAP) prestou socorro às vítimas com duas lanchas próprias que estavam acompanhando o evento e com a ajuda de outras embarcações que apoiaram o resgate. Na embarcação sinistrada havia dois bombeiros atendendo a solicitação do Sindsep.

Ao todo, foram envolvidos 50 bombeiros das guarnições de Macapá e de Santana, sendo que duas equipes de mergulhadores permaneceram no local até às 18h30 procurando por vítimas. Após esse horário, as buscas foram suspensas em função da falta de visibilidade, e retornarão neste domingo, a partir das 7h.

A Secretaria de Estado da Saúde mobilizou todas as unidades públicas e privadas de saúde de Macapá e de Santana que ficaram de prontidão para receber as vítimas, bem como recebeu o apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Macapá.

Os carros de resgate do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e dos Bombeiros, além da Infraero, foram direcionados aos locais de desembarque das vítimas, na entrada do Igarapé das Pedrinhas, no Estaleiro Souzamar e na praia da Fazendinha, além do Porto de Santana.

As equipes de emergência do Hospital de Pronto-Socorro Oswaldo Cruz foram reforçadas com três médicos do Corpo de Bombeiros Militar do AP e mais as equipes do Samu, e os servidores que estavam de folga foram convocados para atender a emergência. O Hospital de Santana também atuou como porta de entrada.

O número de feridos que deram entrada nessas duas unidades de saúde foi de 16 pessoas, já que muitas das vítimas não precisaram de socorro médico.

Até o momento foram registrados oito óbitos, que deram entrada na Polícia Técnico-Científica (Politec), que já realizou as necropsias e liberou sete corpos às famílias.

O número de desaparecidos ainda é incerto em função de não haver uma relação segura dos passageiros que estavam na embarcação no momento do naufrágio, e também em razão do resgate ter sido auxiliado por embarcações particulares, cujos dados não foram registrados. O Sindsep estimou em 62 os participantes do passeio fluvial, dos quais dez ainda estariam desaparecidos.

Além do inquérito instaurado pela Capitania dos Portos do Amapá, a Delegacia Geral de Polícia também vai instaurar inquérito policial para apurar as responsabilidades pelo naufrágio.
Relação das vítimas já necropsiadas pela Politec (até às 18h)
Poliana Sodré Ribeiro, 28 anos
Francisco da Silva Camarão, 68 anos
Elizabeth Mourão Moraes, 56 anos
Marli Lourenço dias, 67 anos
Maria Guiomar Silva de Albuquerque, 53 anos
Reginaldo Reis Nobre, 51 anos
Eliene Ferreira Freitas, 25 anos

Núcleo de Jornalismo/Secom
_
Nota de Esclarecimento Nota de Esclarecimento Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, outubro 12, 2013 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD