Header AD

Incêndio: Oposição ao GEA desrespeita dor dos amapaenses

Enquanto a população do AP demonstrava solidariedade, as emissoras de Gilvam Borges faziam política

Foto reprodução Google images/G1-AP
A tragédia que se abateu sobre dezenas de famílias do bairro Perpétuo Socorro, atingidas por um incêndio implacável, revelou o melhor e o pior das pessoas. Enquanto a população amapaense se comovia e se solidarizava com o sofrimento das vítimas, as emissoras de rádio e TV ligadas ao ex-senador Gilvam Borges, demonstrando total insensibilidade com a dor alheia, atiçavam as labaredas da exploração política do fato na direção do Governo do Estado, tentando imputar-lhe a responsabilidade pelo sinistro.

O papel da imprensa é de informar a população, com o máximo de isenção possível, sobre os fatos que acontecem no dia a dia da sociedade.

Na cobertura do incêndio do Perpétuo Socorro, os veículos de comunicação pertencentes à família de Gilvam Borges ultrapassaram todos os limites que recomenda qualquer manual de jornalismo. Os "reportes" das emissoras saíram à caça de notícias específicas e parciais que eram editadas e utilizadas para tentar culpar o Governo do Estado pelo sinistro, num claro e escandaloso uso político de um acontecimento tão doloroso para toda a sociedade amapaense.

Foram tantos os absurdos divulgados que nas redes sociais se formou uma corrente de repúdio à forma de abordagem levada ao ar pelas emissoras do ex-senador. Os internautas mostravam-se chocados com o baixo nível das reportagens. Para muitos, esse tipo de atitude é pior do que a ação dos ladrões que roubavam os poucos objetos salvos das chamas.

Deturpar o fato jornalístico para obter vantagens políticas ou econômicas é roubar da população o direito à informação que possa contribuir para a formação correta da opinião pública.

Editorial do MZPortal
_
Incêndio: Oposição ao GEA desrespeita dor dos amapaenses Incêndio: Oposição ao GEA desrespeita dor dos amapaenses Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sexta-feira, outubro 25, 2013 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD