Header AD

"Mãos Limpas": Capiberibe pede Justiça

João Capiberibe pede agilidade da Justiça contra corruptos no Amapá

O senador João Capiberibe (PSB-AP), em pronunciamento nesta segunda-feira (9), destacou o esforço do governador Camilo Capiberibe para reorganizar o Amapá, apesar dos grandes obstáculos e dos "vícios profundos" deixados pela administração anterior. Ele cobrou da Justiça agilidade nos processos contra as autoridades que, segundo afirmou, desviaram fortunas dos cofres amapaenses:

- É fundamental julgar essas pessoas, para que nós, no Amapá, saibamos quem são os culpados ou se, no meio desses, quem sabe não haja algum inocente. É fundamental que se julgue, que esses processos avancem e que o povo do Amapá saiba definitivamente o valor surrupiado e desviado e também a identificação clara desses criminosos - afirmou.

Capiberibe lembrou que, em 10 de setembro de 2010, a Polícia Federal prendeu várias autoridades do estado na Operação Mãos Limpas, mas considera que os resultados dessa operação ainda são pouco conhecidos no resto do país. Segundo dados da Polícia Federal apresentados pelo senador, a quadrilha desviou em torno de R$ 2 bilhões ao longo de oito anos, deixando claro que "uma parcela significativa desse dinheiro era da saúde da população".

Capiberibe ressaltou que o governador do Amapá tem devolvido ao governo federal grande parte dos recursos desviados. O senador comemorou o empenho do governador, especialmente na área da saúde, destacando notícia sobre o aumento do número de leitos na rede pública do estado.

(Da Redação da Agência Senado)
_
"Mãos Limpas": Capiberibe pede Justiça "Mãos Limpas": Capiberibe pede Justiça Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, setembro 10, 2013 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD