Header AD

Sucessão

A direita amapaense se movimenta para lançar Waldez Góes para governo em 2014

Na noite de sábado, 17, a direita amapaense se reuniu para discutir o nome que poderia vencer o socialista Camilo Capiberibe nas eleições de 2014. Entre os presentes, encontravam-se os líderes do PDT, PMDB, PSC e PP que se denominam como a Frente de Oposição ao atual governo; entre eles, o ex-governador Waldez Góes (que responde a processos decorrentes da “Operação Mãos Limpas”, na qual é acusado de desviar cerca de um bilhão do erário Amapaense), Gilvan Borges ( que também responde a processos deflagrados da “Operação Carniça” da polícia Federal, acusado de desviar milhões da FUNASA – Fundação Nacional da Saúde – o que resultou na morte de dezenas de indígenas que acabaram falecendo por falta de remédios no interior do Amapá ); também estiveram presentes os deputados estaduais Edinho Duarte e Moisés Souza (estes respondem na justiça estadual por desvio de milhões de reais da Assembleia Legislativa na gestão de Souza, no ano de 2011 e parte de 2012).

 Na reunião, cerca de cem correligionários exaltavam o nome de Waldez Góes como a possibilidade de vitória em 2014. Porém, o que se especula nos bastidores é que Góes só se viabilizará de fato como candidato, se conseguir aglutinar maior número de legendas. Apesar disso, o possível candidato não poderá ficar vulnerável, sem o manto da proteção de um mandato com prerrogativas especiais de julgamento, pois a extinta harmonia não poderá esquecer-se da conclusão do processo da Operação Mãos Limpas.

 Waldez Góes como o nome da direita, reeditando, portanto, a conhecida harmonia, só será ratificado depois da palavra final do guru dessa turma: ele mesmo, Sarney.

(*) O espaço está aberto para os citados neste post.
_

Sucessão Sucessão Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, agosto 19, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


Post AD