Header AD

Corporativismo bandido

PF apura sabotagem no programa Mais Médicos

Carlos Madeiro - Do UOL, em Brasília
A PF (Polícia Federal) abriu inquérito para investigar uma suposta sabotagem de profissionais inscritos no programa Mais Médicos, do governo federal. A informação foi passada na noite desta quinta-feira (18).

Governo quer atrair médicos para as periferias e interior do país e adiciona dois anos aos cursos de medicina

Segundo informações do Ministério da Saúde, profissionais estariam realizando inscrições ao programa, que oferece bolsa de R$ 10 mil, com intuito de desistir em seguida e dificultar a execução do programa.

"O ministro [Alexandre] Padilha [da Saúde], na semana passada, apresentou ao Ministério da Justiça, uma informação importante, de que haveria uma inciativa de boicote ao programa. Determinei à Polícia Federal que fizesse a apuração do caso, como determina a lei. Já foi aberto um inquérito, e a PF está fazendo as análises necessárias", disse o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Segundo informou o Ministério da Saúde, em apenas uma semana, o programa recebeu 11.701 inscrições de profissionais, sendo cerca de 80% deles formados no Brasil.

O ministro da Justiça explicou  que é preciso, inicialmente, saber se existiu algum tipo de crime praticado pelos médicos inscritos.

"Primeiro, é necessário um levantamento de campo, para que possa enquadrar possíveis tipificações criminais que possam estar ocorrendo. A PF, num primeiro momento, estava fazendo uma avaliação. A partir daí não posso dizer mais nada", explicou Cardozo.

O ministro ainda garantiu rigor em punições, caso seja identificado algum tipo de crime.

"O Ministério da Saúde toca o programa normalmente, a investigação da PF também acontece normalmente. São situação independentes. O que posso dizer na minha área é que se alguém comete ilícito penal numa tentativa de impedir um programa governamental, obviamente a PF cumprira rigorosamente o seu dever", afirmou.

O inquérito deve ser concluído em 30 dias, podendo ser prorrogado por igual período.

ENTENDA A PROPOSTA DO GOVERNO, Aqui.
_

Corporativismo bandido Corporativismo bandido Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on domingo, julho 21, 2013 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD