Header AD

O Juiz Federal João Bosco causa polêmica no Amapá.

Exceção de suspeição do Juiz João Bosco será julgada hoje em sessão do TRE-AP

J. Bosco
Nesta quarta feira,8, o TRE/AP julgará o juiz Federal João Bosco por mais uma ação de suspeição. Assim como seu primo, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, Bosco é também acusado por políticos de servir a uma mão invisível ou de não julgar  conforme manda a doutrina jurídica brasileira.

O juiz já esteve envolvido em diversas polêmicas. Vejamos algumas delas. Em julho de 2012, segundo um blog local, a ministra Eliana Calmon, Corregedora do Conselho Nacional de Justiça, CNJ, considerou haver indícios suficientes para a deflagração de processo administrativo disciplinar contra o juiz Bosco Soares. Calmon disse naquela ocasião que havia clara constatação de que o magistrado descumpre “reiteradamente as determinações impostas pela Corregedoria Regional da 1ª Região, especialmente no que se refere à abstenção de participação ativa do magistrado em solenidades de conotação política (…)”.

Mais. João Bosco respondeu a procedimentos movidos por procuradores do Ministério Público Federal – MPF, que o acusaram de atuar com morosidade excessiva nos processos sob sua responsabilidade; praticar atos desnecessários e em desacordo com as normas processuais, especialmente pela realização de inúmeras audiências públicas e outros atos considerados incompatíveis com o cargo que ocupa.

O juiz também foi objeto de suspeição pelo atual presidente da OAB/AP, o advogado Paulo Campelo, tudo porque o magistrado teria prejudicado a instituição ao anular a eleição de novembro de 2012, obrigando a OAB a fazer nova eleição na qual Campelo foi eleito novamente pela segunda vez.

Nesta quarta, 8, mais uma vez o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá julgará uma das exceção de suspeição impetrada contra o Juiz. Ele é acusado pelo prefeito cassado de Ferreira Gomes, Valdo Isacksson.

Em nota, o TRE/AP informa que o autor da ação alega que o magistrado, o Juiz João Bosco, já contratou os serviços do advogado do PMDB, partido do atual prefeito de Ferreira Gomes, Elcias Borges, e, devido a essa ligação entre os dois, o Juiz deveria ser considerado suspeito no julgamento da causa.

Valdo Isacksson teve o mandato cassado em fevereiro deste ano após decisão da então Juíza da 9ª Zona Eleitoral, Michelle Farias. Recaiu sobre ele e seu vice, Raimundo Rodrigues, a acusação de compra de votos nas eleições de 2012.
A sessão será realizada hoje no plenário do TRE-AP a partir das 17h.

O blog tentou contato com a assessoria do magistrado, sem, no entanto, obter êxito. O espaço está aberto.

Com informações do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá

O Juiz Federal João Bosco causa polêmica no Amapá. O Juiz Federal João Bosco causa polêmica no Amapá. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, maio 08, 2013 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD