Header AD

O Juiz Federal João Bosco causa polêmica no Amapá.

Exceção de suspeição do Juiz João Bosco será julgada hoje em sessão do TRE-AP

J. Bosco
Nesta quarta feira,8, o TRE/AP julgará o juiz Federal João Bosco por mais uma ação de suspeição. Assim como seu primo, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, Bosco é também acusado por políticos de servir a uma mão invisível ou de não julgar  conforme manda a doutrina jurídica brasileira.

O juiz já esteve envolvido em diversas polêmicas. Vejamos algumas delas. Em julho de 2012, segundo um blog local, a ministra Eliana Calmon, Corregedora do Conselho Nacional de Justiça, CNJ, considerou haver indícios suficientes para a deflagração de processo administrativo disciplinar contra o juiz Bosco Soares. Calmon disse naquela ocasião que havia clara constatação de que o magistrado descumpre “reiteradamente as determinações impostas pela Corregedoria Regional da 1ª Região, especialmente no que se refere à abstenção de participação ativa do magistrado em solenidades de conotação política (…)”.

Mais. João Bosco respondeu a procedimentos movidos por procuradores do Ministério Público Federal – MPF, que o acusaram de atuar com morosidade excessiva nos processos sob sua responsabilidade; praticar atos desnecessários e em desacordo com as normas processuais, especialmente pela realização de inúmeras audiências públicas e outros atos considerados incompatíveis com o cargo que ocupa.

O juiz também foi objeto de suspeição pelo atual presidente da OAB/AP, o advogado Paulo Campelo, tudo porque o magistrado teria prejudicado a instituição ao anular a eleição de novembro de 2012, obrigando a OAB a fazer nova eleição na qual Campelo foi eleito novamente pela segunda vez.

Nesta quarta, 8, mais uma vez o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá julgará uma das exceção de suspeição impetrada contra o Juiz. Ele é acusado pelo prefeito cassado de Ferreira Gomes, Valdo Isacksson.

Em nota, o TRE/AP informa que o autor da ação alega que o magistrado, o Juiz João Bosco, já contratou os serviços do advogado do PMDB, partido do atual prefeito de Ferreira Gomes, Elcias Borges, e, devido a essa ligação entre os dois, o Juiz deveria ser considerado suspeito no julgamento da causa.

Valdo Isacksson teve o mandato cassado em fevereiro deste ano após decisão da então Juíza da 9ª Zona Eleitoral, Michelle Farias. Recaiu sobre ele e seu vice, Raimundo Rodrigues, a acusação de compra de votos nas eleições de 2012.
A sessão será realizada hoje no plenário do TRE-AP a partir das 17h.

O blog tentou contato com a assessoria do magistrado, sem, no entanto, obter êxito. O espaço está aberto.

Com informações do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá

O Juiz Federal João Bosco causa polêmica no Amapá. O Juiz Federal João Bosco causa polêmica no Amapá. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, maio 08, 2013 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD