Header AD

MP obriga SESA regularizar atendimento

Ação do MP obriga o Estado a regularizar fornecimento de medicamentos

De camila.k@mp.ap.gov.br (Camila Karina)
A Promotoria de Justiça da Cidadania e Defesa da Saúde de Macapá ingressou com Ação de Execução, no último de 26 de março, para obrigar o Estado do Amapá a regularizar o fornecimento de medicamentos, depois de inúmeras reclamações trazidas ao Ministério Público.

Em audiência realizada no último dia 12/04, a juíza Keila Utzig, da 5ª Vara Cível e de Fazenda Pública de Macapá, impôs ao Estado do Amapá o prazo de 45 dias para que o abastecimento de medicamentos da rede Estadual de Saúde fosse regularizado, fixando multa diária de R$ 10.000,00 ao Estado e de R$ 1.000,00 à Secretária Estadual de Saúde.

O Promotor de Justiça André Araújo esclareceu que “já havia sido feito um acordo judicial, no qual o Estado se comprometera a manter regularizado o abastecimento de medicamentos. Com o descumprimento do acordo, não restou alternativa senão o pedido de execução, diante das reclamações trazidas recentemente à Promotoria de Justiça”.

A decisão inclui o fornecimento de medicamentos para tratamento de câncer, conforme esclareceu o Promotor.

ASCOM/MP
_
MP obriga SESA regularizar atendimento MP obriga SESA regularizar atendimento Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, abril 16, 2013 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD