Header AD

Após denúncia de esquema de transferência de eleitores, Beth Pelaes renuncia à candidatura em Pedra Branca

De cinco candidatos, restaram apenas Wilson Souza (PSB) e Genival Gemaque (PR) na disputa pela Prefeitura que tem o terceiro maior orçamento do Estado

Por Maiara Pires

A eleição suplementar de Pedra Branca do Amapari marcada para o próximo domingo (7) vai contar com apenas dois candidatos, dos cinco que registraram suas candidaturas no Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP). Impedida de concorrer ao pleito por parentesco e ausência de domicílio eleitoral e ainda acusada de favorecimento de um esquema de transferência de eleitores, Elizabeth Pelaes (PTN), filha da ex-prefeita Socorro Pelaes, desistiu de recorrer da decisão judicial que negou seu registro e protocolou ontem (3) na 11ª Zona Eleitoral a renúncia de sua candidatura, juntamente com o candidato a vice-prefeito na sua chapa, Carlos Costa.

A renúncia foi homologada pelo juiz Esclepíades Neto que confirmou Wilson Souza (PSB), o irmão Wilson e Genival Gemaque (PR) na disputa pela Prefeitura que tem o terceiro maior orçamento do Estado com os royalties provenientes da exploração de minério na região. Para conter os ânimos no dia da eleição, o TRE-AP chegou a solicitar o envio de tropas federais, mas o pedido foi negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Por conta disso, a segurança ficará a cargo das polícias Militar, Civil e Federal, além do destacamento de policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) a fim de manterem a ordem pública durante o pleito, informou o presidente do Tribunal, desembargador Raimundo Vales, que estará presente no município acompanhando o processo eleitoral.

A renúncia de Beth Pelaes já vinha sendo cogitada nas últimas semanas nos bastidores da política de Pedra Branca, faltando apenas a oficialização que saiu ontem. A estratégia seria a candidata declarar apoio ao irmão Wilson em troca de cargos, numa eventual gestão.

O pessebista, então presidente da Câmara Municipal, está no comando do município, interinamente, desde que a eleição foi anulada pela Justiça Eleitoral que barrou a ex-prefeita eleita Socorro Pelaes com base na Lei da Ficha Limpa. O irmão Wilson aproveitou o caminho livre dado pelo TRE-AP que o considerou apto para concorrer às eleições. Seu concorrente Gemaque ficou em segundo lugar no pleito de 2012.

As duas candidaturas que restaram, representam forças antagônicas da política amapaense. Enquanto Wilson Filho conta com o apoio de boa parte da base aliada do Governo do Estado, Genival Gemaque tem o apoio de opositores da atual gestão do Poder Executivo.
_

Após denúncia de esquema de transferência de eleitores, Beth Pelaes renuncia à candidatura em Pedra Branca Após denúncia de esquema de transferência de eleitores, Beth Pelaes renuncia à candidatura em Pedra Branca Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, abril 04, 2013 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD