Header AD

Jornalista Federico Fasano entrevista Hugo Chávez Frías

Entrevistas históricas: Federico Fasano Mertens entrevista Hugo Chávez Frías

Do blog Socialista Morena de Cynara Menezes

Personalismos são discutíveis, mas o que se pode fazer quando surge um líder indiscutível? Hugo Chávez, sem dúvida, foi um deles. Dificilmente você viu o presidente da Venezuela, falecido aos 58 anos no último dia 5 de março, expor suas ideias de fato. O que era, afinal, o socialismo do século 21 que ele pregava? Em vez disso, a imprensa internacional sempre preferiu retratá-lo como um personagem histriônico, tosco, um “ditador” exótico, folclórico. Um palhaço. No entanto, Chávez era um homem culto, que adorava a leitura e que tinha muitas, muitas ideias na cabeça –daí o imenso desafio que Nicolás Maduro terá em substituí-lo.

Nessa entrevista a Federico Fasano Mertens, veterano jornalista de esquerda uruguaio, fundador do jornal La República, Hugo Chávez mostra a que veio e o que tinha em mente para o futuro de seu país. Também elucida por que era tão odiado pela direita mundial. Faz a gente pensar: será que era mesmo o “chavismo” que a direita combatia, ou o socialismo, com todas as letras, que Chávez estava implantando na Venezuela? Será que o que queriam, no fundo, era esconder do mundo que o socialismo não está morto, que está ressurgindo em um país da América do Sul? Fasano entrevistou Chávez em abril de 2011, meses antes de o comandante anunciar que tinha câncer, mas ele já fala de morte, de como gostaria de ser lembrado e faz um alerta muito útil agora: uma revolução não pode ser apenas uma pessoa.

É curioso constatar, após a leitura deste texto, que aqueles que diziam temer a “venezuelização” do Brasil com a vitória de Lula são os mesmos que pretendiam “venezuelizar” o Brasil à maneira do que fizeram por lá antes de Chávez assumir: privatizaram absolutamente todas as empresas públicas, do banco do país à companhia de petróleo. Este enredo lhe soa familiar? Alçado ao poder, Chávez reestatizou tudo. Algumas ações do seu governo, como a compra de automóveis para revenda, parecem ter sido feitas sob medida para atazanar os capitalistas. Não faltavam mesmo motivos para odiá-lo…

Essa é uma entrevista sobre socialismo, que só um jornalista de esquerda seria capaz de fazer. Chávez conta a Fasano como logrou implantar células socialistas em pleno Exército. E como hoje as Forças Armadas da Venezuela são compostas por soldados convencidos de que o socialismo é um bom caminho –por isso o comandante conseguiu se manter no poder, virando o jogo do golpe em 2002. Mas leia, vale a pena conhecer o pensamento de Hugo Chávez, como você não viu em lugar algum durante a semana que passou.
Leia a íntegra da entrevista, aqui.
_
Jornalista Federico Fasano entrevista Hugo Chávez Frías Jornalista Federico Fasano entrevista Hugo Chávez Frías Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on domingo, março 17, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD