Header AD

Hipocrisia capitalista

Os presidentes das comissões do congresso

Um dos assuntos desta semana foi a indicação do deputado-pastor Marco Feliciano para a presidência da comissão de Direitos Humanos da Câmara. Ele havia feito declarações contra negros e homossexuais no Twitter (dizia, por exemplo, que a África havia sido amaldiçoada por Deus).

Todo mundo tem direito de expressar sua opinião, mas essas declarações não caem bem para alguém que é presidente de uma comissão de direitos humanos.

Exageros à parte por parte de alguns grupos, em especial da causa gay, o episódio serviu para chamar a atenção para as comissões da câmara e para quem as está ocupado.
Descobriu-se, por exemplo, que Marco Feliciano tem usado seu mandato para beneficiar sua igreja(empregando vários pastores) e empresas e que está sendo processado por estelionato. Um vídeo em que ele pega mil reais de um tetraplégico ganhou visibilidade na rede. Em um outro, ele reclama que um fiel colocou o cartão da conta corrente como oferta, mas não deu a senha.

O caso levou a imprensa a voltar os olhos para as outras comissões.

Um exemplo: o deputado João Magalhães (PMDB-MG), que responde a três inquéritos no Supremo Tribunal Federal — por peculato, tráfico de influência e crime contra o sistema financeiro — e tem os bens bloqueados, foi eleito presidente da Comissão de Finanças e Tributação.

Outro exemplo: o presidente da comissão de meio ambiente do Senado é Blairo Baggi, um ruralista considerado pelos ecologistas como um dos maiores devastadores das florestas brasileiras. Segundo ele, floresta é um negócio que não tem futuro.
_
Hipocrisia capitalista Hipocrisia capitalista Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, março 09, 2013 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD