Header AD

MPE desmente matéria suspeita de jornal

O Ministério Público do Estado Amapá refuta reportagem tendenciosa do Jornal do Dia

O Ministério Público do Estado Amapá (MP/AP) esclarece que não há no Tribunal de Justiça do Estado do Amapá (TJAP) nenhum processo em desfavor da procuradora-geral de Justiça, Ivana Cei, como noticiou o periódico Jornal do Dia, em edição do último domingo, 10.

A única representação feita pela Assembleia Legislativa contra a PGJ, segundo o MP, foi considerada inepta e, portanto, arquivada no dia 20/07/2012 (processo nº 0000882/82.2012.8.03.0000). Todas as informações sobre o exercício financeiro de 2011 foram prestadas no devido processo, não prevalecendo qualquer irregularidade.

A PGJ informa ainda que estranha o fato do jornal não ter procurado a instituição para os devidos esclarecimentos, e reafirma seu compromisso em manter a sociedade sempre bem informada através de seu portal da transparência e do Sistema de Informações ao Cidadão.

Veja a matéria tendenciosa que bem poderia ser uma daquelas pagas de algum interessado em desgastar a Procuradora Ivana Cei, ante a eminência de ser reconduzida pelo governador ao posto maior do MP.

----------------------------------------------------------------------------
Ivana busca reeleição no MP e enfrenta denúncias na Justiça

Peça contendo denúncias fala de supostas práticas de improbidades administrativas com vistas a lhe beneficiar politicamente

Às vésperas de ser reconduzida ao cargo de procuradora-geral do Ministério Público, a promotora Ivana Cei pode enfrentar nos próximos dias uma decisão do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) quanto à denúncias que lhe colocam no olho de um furacão de suspeitas de crimes no MPE.

A peça contendo denúncias contra a procuradora-geral do MPE fala de supostas práticas de improbidades administrativas com vistas a lhe beneficiar politicamente nas eleições internas, como o pagamento ilegal de auxílio moradia a membros da instituição, indenizações de licença-prêmio em desacordo com as regras legais, diárias adicionais para custear finais de semana fora do Estado, excesso de despesas com cargos comissionados e o ressarcimento de despesas com tratamentos estéticos, como cirurgias plásticas e procedimentos ortodentários.

Essas denúncias chegaram a ser lidas na sessão plenária da Assembleia Legislativo no ano passado. Depois disso, os deputados deliberam sobre a composição de uma Comissão Especial, composta por três deputados, sendo um relator e um presidente.

A Assembleia Legislativa chegou a analisar o balanço do exercício de 2011, executado pela administração da atual procuradora-geral de Justiça. A auditoria do parlamento amapaense analisou a peça contábil e detectou supostas inconsistências.
MPE desmente matéria suspeita de jornal MPE desmente matéria suspeita de jornal Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, fevereiro 13, 2013 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD