Header AD

Camponesas doam cabelos

Camponesas de todos os lugares do Brasil doaram seus cabelos para as mulheres vítimas de escalpelamento.

Rita, a secretária Cristina e Noenes representaram o Amapá
Deputada Janete comprometeu-se com a pauta das camponesas
Observada por Vanilza, deputada Janete escova os cabelos de Arlene, a 1ª de muitas doadoras

Em discurso na Câmara dos Deputados, nesta quinta, 21, a deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) reafirmou seu compromisso de defender as reivindicações das mulheres camponesas do Brasil e agradeceu pelo “grande gesto de solidariedade” com o qual “35 camponesas, de todos os lugares do Brasil, doaram seus cabelos para as mulheres vítimas de escalpelamento”. O I Encontro das Mulheres Camponesas do Brasil aconteceu de 18 a 21, em Brasília, e reuniu 3 mil mulheres de 23 estados brasileiros, além de 9 delegadas estrangeiras.

Convidada pelas camponesas, a deputada Janete foi ao Parque da Cidade, em Brasília, onde acontecia o Encontro, para acompanhar a doação de cabelos e sensibilizá-las para a prevenção aos acidentes com escalpelamento. “Estou feliz por contar com milhares de novas apoiadoras que empunharão essa bandeira em vários lugares do Brasil e do mundo”.
Solidárias – Voluntária, a cabeleireira Maria Vanilza, do Guará, cidade satélite de Brasília, ficou, até à uma hora da manhã desta quinta, 21, para cortar os cabelos das 35 doadoras. Por falta de tempo, 20 mulheres ficaram sem doar.

A peruana Lourdes Huanca, Presidente da Federação Nacional de Mulheres Campesinas, Artesãs, Indígenas, Nativas e Assalariadas do Peru, doou parte de sua trança de cabelos negros: mais de 50 centímetros.
Tratadas, as mechas são mandadas para a Associação das Mulheres Vítimas de Escalpelamentos da Amazônia, que confecciona perucas para todas as mulheres, inclusive as que passam pelas cirurgias plásticas realizadas pelo Governo do Amapá, junto com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, desde o ano passado.
A deputada Janete, cuja lei de prevenção ao escalpelamento vigora desde 2009, lembrou que “no Amapá, nenhum acidente ribeirinho com escalpemento é registrado desde 2011, por conta das campanhas de prevenção. No Pará, foram 12 casos no ano passado e 8 em 2011”.

Amapaenses – O Amapá foi representado pela Noenes de Sousa Pereira – presidente da Federação dos Agricultores e Agricultoras do Estado do Amapá e presidente do Sindicato Rural da Ilha de Santana, e pela Rita da Conceição Lopes da Silva – presidente da Associação de Moradores de Agricultura Familiar Rural de Pedra Branca do Amapari. A secretária de Desenvolvimento Rural, deputada Cristina Almeida, participou do Encontro na terça, 19, e trouxe o compromisso do Governo do Estado do Amapá com a produção sustentável na agricultura familiar, nas atividades extrativistas e ribeirinhas, na cadeia produtiva da floresta, com recorte de gênero para atender as produtoras amapaenses.
A declaração do I Encontro Nacional do Movimento das Mulheres Camponesas pode ser lido aqui. (Texto e fotos:Sizan Luis Esberci)
_
Camponesas doam cabelos Camponesas doam cabelos Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, fevereiro 21, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD