Header AD

Camponesas doam cabelos

Camponesas de todos os lugares do Brasil doaram seus cabelos para as mulheres vítimas de escalpelamento.

Rita, a secretária Cristina e Noenes representaram o Amapá
Deputada Janete comprometeu-se com a pauta das camponesas
Observada por Vanilza, deputada Janete escova os cabelos de Arlene, a 1ª de muitas doadoras

Em discurso na Câmara dos Deputados, nesta quinta, 21, a deputada federal Janete Capiberibe (PSB/AP) reafirmou seu compromisso de defender as reivindicações das mulheres camponesas do Brasil e agradeceu pelo “grande gesto de solidariedade” com o qual “35 camponesas, de todos os lugares do Brasil, doaram seus cabelos para as mulheres vítimas de escalpelamento”. O I Encontro das Mulheres Camponesas do Brasil aconteceu de 18 a 21, em Brasília, e reuniu 3 mil mulheres de 23 estados brasileiros, além de 9 delegadas estrangeiras.

Convidada pelas camponesas, a deputada Janete foi ao Parque da Cidade, em Brasília, onde acontecia o Encontro, para acompanhar a doação de cabelos e sensibilizá-las para a prevenção aos acidentes com escalpelamento. “Estou feliz por contar com milhares de novas apoiadoras que empunharão essa bandeira em vários lugares do Brasil e do mundo”.
Solidárias – Voluntária, a cabeleireira Maria Vanilza, do Guará, cidade satélite de Brasília, ficou, até à uma hora da manhã desta quinta, 21, para cortar os cabelos das 35 doadoras. Por falta de tempo, 20 mulheres ficaram sem doar.

A peruana Lourdes Huanca, Presidente da Federação Nacional de Mulheres Campesinas, Artesãs, Indígenas, Nativas e Assalariadas do Peru, doou parte de sua trança de cabelos negros: mais de 50 centímetros.
Tratadas, as mechas são mandadas para a Associação das Mulheres Vítimas de Escalpelamentos da Amazônia, que confecciona perucas para todas as mulheres, inclusive as que passam pelas cirurgias plásticas realizadas pelo Governo do Amapá, junto com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, desde o ano passado.
A deputada Janete, cuja lei de prevenção ao escalpelamento vigora desde 2009, lembrou que “no Amapá, nenhum acidente ribeirinho com escalpemento é registrado desde 2011, por conta das campanhas de prevenção. No Pará, foram 12 casos no ano passado e 8 em 2011”.

Amapaenses – O Amapá foi representado pela Noenes de Sousa Pereira – presidente da Federação dos Agricultores e Agricultoras do Estado do Amapá e presidente do Sindicato Rural da Ilha de Santana, e pela Rita da Conceição Lopes da Silva – presidente da Associação de Moradores de Agricultura Familiar Rural de Pedra Branca do Amapari. A secretária de Desenvolvimento Rural, deputada Cristina Almeida, participou do Encontro na terça, 19, e trouxe o compromisso do Governo do Estado do Amapá com a produção sustentável na agricultura familiar, nas atividades extrativistas e ribeirinhas, na cadeia produtiva da floresta, com recorte de gênero para atender as produtoras amapaenses.
A declaração do I Encontro Nacional do Movimento das Mulheres Camponesas pode ser lido aqui. (Texto e fotos:Sizan Luis Esberci)
_
Camponesas doam cabelos Camponesas doam cabelos Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, fevereiro 21, 2013 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD