Header AD

Buracos: de quem são?

A responsabilidade sobre as ruas emburacadas é da gestão do prefeito Clécio Luís

Buraco próximo a feira do Buritizal
O carnaval passou e o debate volta para saber de quem é a responsabilidade de resolver os problemas que são os  buracos que tomam conta das ruas de Macapá, que aparecem de praxe  todo fevereiro. O senador Capiberibe com a propriedade de um bom humor saiu-se com esta via twitter "Esses buracos já foram do Azevedo, meus e do Papaléo, também de Barcellos, João Henrique e Roberto Góes, agora são todinhos do Clécio".

Com tantos de tudo que é tipo pelas ruas, certamente, o prefeito Clécio vai ter trabalho para tapar os seus buracos! 

Agora é sério. A década de 2000 foi, como dizem, anos perdidos para o Amapá. Reflexo disto foi a política de asfaltamento das ruas de Macapá. As administrações de João Henrique e, principalmente de Roberto Góes, não utilizavam asfalto de qualidade e por isso que essas crateras aparecem todo ano na época das chuvas. Para dizer o certo, esses gestores sempre se utilizaram de paliativos, como o "tapa buracos". Na nova administração pessolista, acredita-se que esta política deva mudar e asfalto de qualidade sejam colocados ao invés de remendo asfáltico. Resta aguardar que a cada ano diminua gradativamente a quantidade desses indesejados. 
_
Buracos: de quem são? Buracos: de quem são? Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, fevereiro 18, 2013 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD