Header AD

Buracos: de quem são?

A responsabilidade sobre as ruas emburacadas é da gestão do prefeito Clécio Luís

Buraco próximo a feira do Buritizal
O carnaval passou e o debate volta para saber de quem é a responsabilidade de resolver os problemas que são os  buracos que tomam conta das ruas de Macapá, que aparecem de praxe  todo fevereiro. O senador Capiberibe com a propriedade de um bom humor saiu-se com esta via twitter "Esses buracos já foram do Azevedo, meus e do Papaléo, também de Barcellos, João Henrique e Roberto Góes, agora são todinhos do Clécio".

Com tantos de tudo que é tipo pelas ruas, certamente, o prefeito Clécio vai ter trabalho para tapar os seus buracos! 

Agora é sério. A década de 2000 foi, como dizem, anos perdidos para o Amapá. Reflexo disto foi a política de asfaltamento das ruas de Macapá. As administrações de João Henrique e, principalmente de Roberto Góes, não utilizavam asfalto de qualidade e por isso que essas crateras aparecem todo ano na época das chuvas. Para dizer o certo, esses gestores sempre se utilizaram de paliativos, como o "tapa buracos". Na nova administração pessolista, acredita-se que esta política deva mudar e asfalto de qualidade sejam colocados ao invés de remendo asfáltico. Resta aguardar que a cada ano diminua gradativamente a quantidade desses indesejados. 
_
Buracos: de quem são? Buracos: de quem são? Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, fevereiro 18, 2013 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD